Viagem e Turismo

Visto americano

Por Administrador em 27 de Fevereiro de 2012

Se você já foi – ou pretende ir – para qualquer lugar dos Estados Unidos, sabe que precisa passar por uma burocracia inevitável: o processo para tirar o visto americano. Embora o governo dos EUA venha planejando facilitar o nosso acesso ao país, não há como embarcar sem ter o VISA colado ao passaporte. O Deville Starclub preparou um guia para quem ainda vai passar pela entrevista do visto americano. Confira os principais passos e dicas: 1. Agendamento do visto É preciso comparecer pessoalmente a uma das cidades onde ficam os consulados americanos: Brasília, Recife, Rio de Janeiro ou São Paulo. No site do consulado (aqui) é possível visualizar as datas mais próximas. Fique atento, pois a agenda é atualizada a todo instante. Para conseguir marcar a sua data, é necessário pagar uma taxa de R$ 38 – após o pagamento, é liberada uma senha para consultar a agenda dos consulados e escolher o dia e o horário da sua entrevista. Não deixe para a última hora, principalmente se sua viagem já tem data marcada: às vezes as agendas estão lotadas e pode levar alguns meses até sua entrevista. 2. Documentação necessária Assim que agendar a sua entrevista, comece a separar a documentação, evitando transtornos de última hora. É importante levar documentos que comprovem que você tem uma vida estável no Brasil. Comprovante de residência, certidão de casamento, contra-cheques e declaração do Imposto de Renda são alguns deles, mas você também pode levar outros que julgar válidos, como documento do carro e extratos bancários. Preencha o formulário DS-160, disponível no site durante o processo de agendamento. Nele, há uma série de perguntas sobre o motivo da sua viagem, que devem ser respondidas preferencialmente em inglês. A confirmação do preenchimento deve ser impressa e levada no dia da entrevista, junto com outros dois documentos fundamentais: a taxa do visto, que precisa ser paga antes, no Citibank, e uma foto 5X7. Para o visto de 5 anos, a taxa custa R$ 224 – pague assim que possível, evitando também dores de cabeça, como greve dos bancos. 3. No dia da entrevista A recomendação é chegar no consulado no mínimo meia hora antes do horário da sua entrevista. Durante esse tempo, os funcionários já solicitarão os seus documentos e deixarão tudo preparado para o processo. Não é permitido entrar com celulares, fones de ouvido, aparelhos eletrônicos ou malas de viagem. Não se preocupe quanto a isso, pois existem guarda-volumes do lado de fora do consulado. Dentro do consulado, você receberá uma senha, que fica com você até o final do processo. O próximo passo é tirar as impressões digitais para então seguir aos guichês de entrevista. A entrevista varia de pessoa para pessoa, os oficiais do consulado fazem as perguntas que considerarem pertinentes de acordo com o seu perfil. Apresente os documentos que forem solicitados e responda às perguntas do oficial. 4. Visto concedido Com o visto concedido, o passo final é levar o formulário DS-160 grampeado junto com a foto e a taxa do Citibank até a agência dos Correios, no próprio consulado. Lá, será necessário preencher um formulário de Sedex e pagar a taxa de envio – que varia de acordo com o seu endereço. Pronto: seu passaporte, com o visto, será entregue em casa em alguns dias.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online