Viagem e Turismo

Stress no aeroporto

Por admin em 29 de Abril de 2011

Se você já passou por essa situação pra lá de incômoda, sabe que o estresse toma conta sem piedade nessas horas. Para evitar sustos e tensões ao viajar, é importante saber como agir quando um atraso ou cancelamento acontece, e quais são os seus direitos. A primeira providência ao se sentir prejudicado é procurar a empresa aérea contratada para informar o ocorrido e buscar uma solução. Reclamações também podem ser feitas diretamente com a Agência Nacional de Aviação Civil, a Anac, que analisa os casos e pode aplicar multas, se necessário. As empresas brasileiras são obrigadas a fornecer todas as informações necessárias aos seus passageiros, disponibilizar o contato via internet ou telefone, garantir a alimentação em atrasos com mais de duas horas e providenciar acomodação quando o atraso ultrapassar quatro horas. A empresa também deve tentar encaixar o passageiro no próximo voo, endossar a passagem em outra companhia ou oferecer outros transportes para completar o trajeto. Em casos de cancelamento, overbooking ou atraso com mais de quatro horas, o dinheiro deve ser devolvido, se o passageiro solicitar. Quem estiver em conexão tem o direito de voltar para o aeroporto de origem de graça. Nos atrasos superiores a quatro horas, cancelamentos ou quando o embarque não é realizado por qualquer outro motivo, o reembolso do valor da passagem é feito de acordo com a forma de pagamento na compra da passagem. Compras à vista são reembolsadas na hora, as financiadas no cartão de crédito com parcelas a vencer seguem as regras determinadas pela administradora do cartão. As empresas podem oferecer créditos nos programas de milhagem ao invés do reembolso, fica a critério do cliente decidir se a troca é vantajosa. Para os voos cancelados e atrasados no exterior, as regras são as mesmas do Brasil. Nos Estados Unidos, os deveres das empresas estão especificados em contratos de transporte, disponíveis nos sites. É interessante ter esse documento em mãos na hora de embarcar. Nesse país (EUA) não há indenização para atrasos e cancelamentos. Já na Europa, quando a culpa é da empresa, os clientes podem receber até 600 Euros dependendo do atraso e da duração do vôo. Em atrasos de mais de duas horas ocasionados pelas más condições do tempo, os passageiros ganham as refeições e acomodação. Antes de viajar, busque sempre essas informações para evitar problemas. Lembre-se de ter todos os documentos em mãos e cópias, se possível. Comprovantes de compra, confirmações, entre outros, podem ser necessários quando ocorrem imprevistos.




Veja também

Como escrever um e-mail corporativo?

5 ótimos passeios bate e volta saindo de Curitiba

Reserva online