Confira 3 locais para aproveitar a estação na capital paranaense

Em setembro, chega a primavera, conhecida como a estação das flores. Com temperaturas mais agradáveis, a primavera é uma ótima pedida para passear por aí. Confira nossas dicas de passeios por Curitiba para aproveitar a estação!

A primavera em Curitiba

Em uma cidade fria como Curitiba, pode parecer estranho falar em calor e passeios, não é mesmo?

Na verdade, a cidade tem climas que variam bastante. A primavera curitibana é marcada por altas temperaturas em alguns dias, e o frio característico em outros. A média do mês de outubro, por exemplo, indica máximas de até 23ºC, e mínimas de 13ºC.

Ou seja, é a estação perfeita para um passeio – nem muito calor, nem muito frio. Agora, vamos às dicas!

Jardim Botânico

Vamos começar com um clássico: o Jardim Botânico de Curitiba é o principal local da cidade para se deslumbrar com as cores e aromas das flores.

Com 178.000 m² de área total, o jardim conta com uma estufa, um jardim ao estilo francês e diversas árvores e arbustos da flora nacional, com destaque para uma grande área preservada da mata atlântica.

O ponto turístico tem acesso gratuito, e é um programa para toda a família na primavera em Curitiba!

Rua XV de Novembro

rua das flores

Uma das ruas mais frequentadas do centro de Curitiba é a Rua XV de Novembro, que também é conhecida como Rua das Flores. 

Primeira via pública exclusiva para pedestres do Brasil, a XV é uma boa opção para aproveitar a primavera em Curitiba, seja para fazer compras, tomar um café ou apenas caminhar observando os diversos canteiros de flores ao longo do calçadão.

Museu de História Natural do Capão da Imbuia

museu de história nacional capão da imbuia

Foto: site MHNCI

Poucos curitibanos sabem, mas a cidade conta com um Museu de História Natural. Ele está dentro de um bosque, que é aberto para visitação.

Além da importância científica, o espaço é uma ótima forma de adentrar a natureza paranaense, já que o bosque preserva as principais árvores nativas da região – imbuias, canelas, pinheiros e araucárias.

Um destaque do bosque é o Caminho das Araucárias, uma trilha de 400 metros pela floresta nativa.

O local faz parte do projeto Jardins de Mel, que possui colmeias de abelhas nativas sem ferrão, fundamentais para a polinização e o desabrochar das flores do bosque.

Gostou das dicas? Para aproveitar ainda mais uma estadia na capital paranaense, conheça o Hotel Deville Business Curitiba. É só falar com a nossa assistente virtual no canto direito da tela para saber mais sobre as acomodações e fazer sua reserva!




Veja também

Eventos menores estão em alta no Deville Business Maringá

Hotéis Deville apresentam novos gerentes nas áreas de Operações, Vendas e Comercial

Reserva online