Histórias ricas, lugares incríveis e uma cultura impressionante. O continente africano merece um espaço especial na sua próxima viagem

Antes de mais nada, precisamos esclarecer uma dúvida muito comum em milhares de pessoas. Diferente do que muitos pensam, a África não é um país, e sim um continente inteiro! Essa confusão acontece por causa do país África do Sul, que faz parte do continente africano.

Esclarecida essa dúvida devemos dizer que um dos continentes mais belos, históricos e culturalmente ricos é o africano. Afinal, são cerca de 30 quilômetros quadrados, cobrindo 20,3% da área total do planeta e com 54 países independentes.

Esse pequeno resumo deixa clara a quantidade de atividades que você poderá ter ao visitar a África, certo? Suas lindas e extensas terras, natureza exuberante e uma fauna incomparável merecem uma visitinha, né?

Rumo ao continente africano

Engana-se quem pensa que visitar a África é somente rumar a safáris. O continente possui inúmeras opções de passeios que destoam dessa visão única.

Museus, igrejas e shoppings

Um dos países mais procurados por turistas é a Angola. Na capital Luanda, a modernidade vem chegando aos poucos e, desde 2002, após o fim definitivo da Guerra Civil, a cidade tornou-se pacífica.

Desde então, a Angola vem se fortalecendo para tornar a presença de turistas e a vida dos habitantes muito mais proveitosa e próspera. Com um ar moderno e cosmopolita, suas atrações incluem bons museus, igrejas e shoppings. Ah, a vista geral da Baía de Luanda é belíssima.

Reprodução: Wiki Commons

Uma enorme reserva natural

Você sabia que o Quênia possui um dos centros urbanos mais populosos do continente africano? As cidades mais importantes do país são Nairóbi e a capital Mombaça. Por lá, inclusive, encontra-se a maior atração da região.

O Parque Masai Mara é uma grande reserva natural. São aproximadamente 1.500 quilômetros quadrados com inúmeras espécies de animais como gnus, zebras, elefantes e rinocerontes.

Uma viagem ao passado

A Paisagem Cultural de Sukur, na Nigéria, é listado como Patrimônio Mundial da Unesco desde 1999. Eles, inclusive, foram os primeiros monumentos a serem tombados pela instituição no continente africano.

O local encontra-se no topo de uma colina das Montanhas de Mandada e caracteriza-se por seus símbolos sagrados e rochas milenares. Por lá, é possível encontrar o complexo do Palácio de Hidi, nome dado aos antigos chefes dos povos que habitavam a região, composto de pequenos vilarejos e terraços naturais em perfeito estado de conservação.

O Parque Nacional de Vulcões

O local leva esse nome por abrigar nada mais nada menos do que oito vulcões das Montanhas de Virunga. A região fica na fronteira entre o Parque Nacional de Virunga, no Congo, e o Parque Nacional Mgahinga, em Uganda. Além dos vulcões, o local é coberto por florestas e pelas plantações de bambu.

O grande destaque do território é a população de gorilas ameaçados de extinção que se escondem por todo o parque. Para conseguir avistá-los, é preciso reservar a visita, restrita a apenas 32 licenças por dia, com bastante antecedência. Além disso, o tempo de licença é curto: apenas uma hora de visita.

Viu só quanta coisa legal tem para fazer no continente africano? São inúmeros passeios, lugares incríveis e países maravilhosos para conhecer. Por isso, antes de planejar sua próxima viagem, pense em incluir um roteiro diferente por um do ambientes mais lindos do mundo. Aproveitem!




Veja também

Quais são os lugares do Brasil mais visitados por turistas estrangeiros?

Novas receitas Deville: Pizza à Moda do Chef no Deville Business Maringá

Reserva online