Viagem e Turismo

Peru

Por Administrador em 28 de Fevereiro de 2012

O Peru é um dos destinos mais exóticos e surpreendentes da América Latina. E não é por acaso que esse país entrou para a lista de queridinhos dos mochileiros e dos viajantes com sede de cultura. As terras que antes pertenceram aos Incas, uma das civilizações mais ricas que o mundo já conheceu, ainda preservam as ruínas e construções de seus antigos moradores. Machu Picchu, a cidade perdida, não poderia ser um exemplo melhor. Peru_-_Machu_Picchu.jpgAs ruínas de Machu Picchu são a atração mais procurada no Peru Localizada em uma área de preservação, Machu Picchu se tornou uma das relíquias arqueológicas mais importantes do mundo. Hoje, é necessário fazer reserva para entrar no parque pois o número de visitantes por dia é limitado. O parque é acessível pela Trilha Inca, um caminho de três dias pelas montanhas, ou por trem, partindo de Cusco – outra cidade que merece alguns dias de estada. Cusco foi a capital do Império Inca e preserva até hoje grande parte das construções e ruínas dos séculos passados. A Plaza de Armas, a Igreja Santo Domingo e o Mosteiro de Santa Catalina estão entre as principais atrações. Peru_-_Cusco.jpgCusco reúne belíssimas atrações históricas e uma estrutura turística de primeira A administradora Kelly Ramos visitou o país em 2011 e recomenda a visita. “Cusco, apesar de pequena, foi uma ótima surpresa. É uma cidade com muita história, ótimos restaurantes e as pessoas são extremamente cordiais”, conta. Kelly ainda dá a dica para quem vai visitar a cidade perdida: “O Wayna Picchu é a montanha que fica dentro do parque. A subida não é das mais fáceis e leva mais ou menos uma hora, mas se consegue ter uma vista do alto de Machu Picchu bem legal”. Peru_-_Valle_Sagrado.jpgA vista do Valle Sagrado, que cerca o Rio Urubamba Ainda nas vizinhanças de Cusco está o Valle Sagrado, como é conhecida a região do Rio Urubamba. Nela estão várias cidades típicas e ruínas impressionantes. Suas principais atrações são o mercado e as ruínas de Pisac, o Ollantaytambo, com sua fortaleza e centro religioso acessíveis por uma escadaria de pedra, e a vila Chinchero, com belas paisagens e sítios arqueológicos preservados. O Lago Titicaca, próximo à cidade de Puno, é uma paisagem para guardar na memória. No local, uma das principais atrações são as ilhas flutuantes dos índios, habitantes originais da região. Peru_-_Lago_Titicaca.jpgNo Lago Titicaca estão as ilhas flutuantes das tribos indígenas Outra cidade que não fica para trás no quesito cenário é Arequipa, com suas construções coloniais, montanhas cobertas de neve e vulcões. A segunda maior cidade do Peru tem como atrações a Catedral, o Mosteiro de Santa Catalina, a Plaza de Armas e o Museo de los Santuarios. Nas proximidades, os visitantes podem ver o El Misti, um vulcão com cerca de 5.800 metros de altura, além dos seus irmãos Chachani e Pichu Pichu. Peru_-_Arequipa.jpgArequipa é cercada de vulcões, montanhas e vales Partindo de Arequipa, o Valle Del Colca é outro passeio interessante. A região abriga algumas das mais belas paisagens da América Latina, formada por cânions, vales e montanhas. Peru_-_Valle_del_Colca.jpgO Valle del Colca é um dos cenários mais surpreendentes da América Latina Ao norte do país, os turistas podem visitar outra atração misteriosa e emocionante: os Símbolos de Nasca. É preciso sobrevoar a região para observar as linhas que formam desenhos gigantescos no chão, cuja origem nunca foi totalmente comprovada. Peru_-_Nasca.jpgAs origens dos Símbolos de Nasca ainda são incertas Depois de um passeio pelo país, conhecer a capital, Lima, é uma experiência um tanto divergente. Como as demais grandes cidades e capitais da América Latina, Lima é movimentada, tem um trânsito agitado e pode ser um pouco confusa para quem vem de fora. Kelly sentiu a diferença, “Acho que, por ser uma cidade grande, não existe a mesma cordialidade que em Cusco, mas também tem ótimos restaurantes”. Apesar de mais agitado, o passeio vale a pena: fundada no século 16, Lima preserva sua história e cultura em diversos centros e museus espalhados pela capital. Entre os pontos turísticos estão a Plaza de Armas, a mais importante da cidade, a Casa de Aliaga, a mais antiga da cidade, a Catedral e a Casa del Oidor. Peru_-_Lima.jpgLima, a capital do Peru, tem atrações de grande importância histórica A viagem ao Peru promete ser uma experiência inesquecível, e para todos os gostos. Mas fique atento às exigências do país, como a vacina contra a febre amarela, que deve ser tomada 30 dias antes da viagem, e os documentos necessários, como passaporte ou carteira de identidade. Kelly aconselha a reservar o primeiro dia de viagem para descansar e se adaptar à altitude, “Vi muita gente que saiu no primeiro dia para passeios e passou muito mal”, e completa, “é importante também usar bastante filtro solar, o sol lá é muito forte e queima mesmo. Repelente também é bom usar, não tanto na cidade, mas em Machu Picchu tem bastante mosquito”.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online