Curitiba é uma cidade bastante plural, formada por povos de diferentes cantos do planeta. Essa mistura toda acabou criando um dialeto bastante próprio e bem típico dos curitibanos. Ao chegar à capital do Paraná, é fácil perceber que os curitibanos encontraram uma maneira bastante particular de se referir a diversos objetos e situações comuns do dia a dia.

10 expressões que você provavelmente só vai ouvir em Curitiba:

Japona

Quem cresceu tendo que ir à aula nas frias manhãs curitibanas sempre tinha uma japona à disposição. A japona muitas vezes faz parte do uniforme das escolas da cidade e é um item indispensável nos guarda-roupas. Não sabe do que estamos falando? Essa é fácil: a japona é o casaco dos curitibanos, um bem grosso e quentinho.

Friaca

Os curitibanos usam suas japonas para se proteger das friacas da cidade, o jeito carinhos que são chamadas as frentes frias. Afinal, todo mundo sabe que em Curitiba faz mais frio – independentemente de qual seja a referência..

Piá

Piá do céu! Piá de prédio! E o que aconteceu daí, piá? Piá está tão enraizado no vocabulário que o curitibano até esquece que existem outras formas de se referir a um garoto.

Penal

Outro item que não pode faltar nas escolas de Curitiba. O penal é fundamental para garantir a organização dos materiais escolares e da vida do estudante. Já sabe do que se trata? É isso mesmo: penal é como os curitibanos se referem ao estojo. Penal vem de pena, o material que era usado antigamente para escrever no lugar das canetas.

Vina

O item mais famoso da lista. O país todo já sabe que o curitibano tem orgulho de chamar salsicha de vina. A origem do termo vem do alemão “Viena”, que se refere a um tipo de salsicha consumido pelos imigrantes que fizeram lar na capital paranaense.

Largar os bets

Já jogou bets na rua, aquele esporte parecido com o beisebol, com tacos e bola? Em outros lugares ele é conhecido como bete ombro ou apenas como taco. Se sim, você sabe que largar os bets significa que o jogo acabou. Largar os bets é como o curitibano diz que desistiu de alguma coisa.

Chineque

Não é uma delícia chegar na padaria e pedir meia dúzia de chineques? Talvez em outro lugar do país você receba um olhar confuso, mas em Curitiba esse pedido rende alguns pães doces com cobertura de farofa ou banana.

Posar

Mãe, posso posar na casa da minha amiga hoje? Toda mãe em Curitiba já ouviu esse pedido, mas ele não tem nada a ver com posar para fotos. Pedir para posar é o mesmo que pedir para dormir.

Tubo

A gente se encontra no tubo, pode ser? Em qualquer outro lugar do país, isso não faria o menor sentido, mas em Curitiba é uma maneira corriqueira de se referir aos pontos de ônibus do sistema de transporte da cidade. Os tubos são plataformas elevadas que permitem acesso aos ônibus biarticulados e aos “ligeirinhos”, outra particularidade curitibana.

Lagartear

Você já viu alguém esparramado em um sofá, mal se mexendo, aproveitando tudo que a inércia tem para oferecer, de preferência no sol? Então você já viu alguém lagartear.

Quer conhecer mais expressões bem curitibanas? Então vem para o Deville Business Curitiba, o melhor lugar para se hospedar enquanto conhece essa cidade cheia de particularidades.




Veja também

Tudo o que você precisa saber sobre a roupa de cama dos Hotéis Deville

5 ilhas para conhecer no Brasil

Reserva online