No inverno, nada melhor do que se enrolar em um bom cobertor, fazer um chocolate quente e aproveitar a companhia de quem você mais ama! Mas quem disse que você precisa ficar em casa para curtir um programinha mais aconchegante? Nem só de praias vive o Brasil. No inverno, algumas cidades se destacam pela qualidade de sua estrutura hoteleira, gastronomia e atrações especiais. Conheça dois dos destinos mais procurados pelos brasileiros nos meses mais frios – e entenda por quê vale à pena deixar o cobertor de lado e botar o pé na estrada. Gramado, Rio Grande do Sul Considerada uma das mais belas cidades brasileiras, a simpática Gramado está localizada em plena Serra Gaúcha. Cercada por hortênsias e araucárias, repleta de casarões em estilo europeu e floreiras pelas ruas, quem resiste a um encanto como este? No inverno, Gramado ganha uma programação especial. As pousadas e restaurantes oferecem jantares próximos à lareira e um cardápio típico caprichado – que tal se deliciar com um fondue em uma noite fria? Outra opção imperdível de passeio são os tradicionais cafés de Gramado, que servem desde o chocolate quente aos doces típicos dos imigrantes alemães e italianos que colonizaram a região. Destaque ainda para as compras – os cristais, artesanato e chocolates estão entre os produtos típicos da região. Visite também o zoológico de Gramado e o Mini Mundo, um parque temático que reproduz em miniatura os principais pontos turísticos do mundo. As fazendas da região também são um passeio belíssimo – muitas delas oferecem produtos artesanais, como queijos e vinhos. Para quem viaja em família, a dica é conhecer o museu Hollywood Dream Cars, com modelos das décadas de 20 a 60, o Dreamland Museu de Cera, o primeiro com réplicas de celebridades do Brasil, ou o Mundo Encantado, um museu que reproduz com miniaturas o cotidiano dos imigrantes. São Joaquim, Santa Catarina Quer se sentir em plenos Alpes Suíços durante o inverno? O inverno em São Joaquim muitas vezes chega acompanhado pela neve – você certamente já ouviu falar desta pequena cidade catarinense nos noticiários. Com mais de 1.300 metros de altitude, as temperaturas em São Joaquim podem chegar aos 10°C negativos. As pousadas e hotéis costumam ficar lotados nos meses mais frios, assim como as ruas, os cafés e as bordas das lareiras. Casacos pesados, cachecóis, luvas e roupas quentinhas não podem ficar de fora da mala! Entre os principais programas para o inverno, estão a Villa Francioni, uma das melhores vinícolas do Brasil, e o Vale da Neve, um parque com área de lazer completa. As feiras que comercializam produtos típicos também merecem uma visita. São Joaquim é uma das maiores produtoras de maçãs do Brasil, por isso, nada de voltar para casa sem os sucos, doces, bolos, balas, bombons e outros produtos feitos da fruta. Os mais aventureiros podem optar também pelas trilhas até as cachoeiras e lagos da região, muitos deles congelados em junho e julho. Se você estiver visitando a cidade com tempo, aproveite as paisagens da Serra do Rio do Rastro, que podem ser observadas da SC-438.




Veja também

5 cachoeiras incríveis para conhecer #DepoisDaQuarentena

5 influenciadores de viagem brasileiros para você seguir

Reserva online