Se você tem vontade de fazer um cruzeiro, mas está com receio de embarcar nessa viagem, saiba que a experiência é indescritível

Você já parou para fazer as contas de quanto gasta em uma viagem? Colocando no papel os custos com passagem, hospedagem, alimentação e atrações, certamente os números finais não serão tão baixos, certo?

Dessa forma, uma das grandes vantagens de se aventurar em um cruzeiro é, sem dúvida, o custo-benefício. Afinal, você tem praticamente tudo de que precisa dentro do navio e, geralmente, o valor pago é de um pacote que inclui desde hospedagem e alimentação até a presença em shows e outros entretenimentos.

Vamos navegar?

Um cruzeiro é sempre uma ótima oportunidade para conhecer vários destinos. Os navios ficam ancorados nas paradas durante um determinado período para que o turista possa descer e conhecer um pouco da região.

É bem verdade que esse tempo de parada não é muito longo, geralmente algo em torno de 5 horas, ou um período do dia. Você não poderá conhecer tudo o que deseja, mas vale a pena experimentar a sensação de estar em diferentes lugares em um curto espaço de tempo.

Veja mais:

Um olhar especial: porque levar uma GoPro em sua viagem

Vou viajar para o exterior: preciso comprar um chip internacional ou local?

Como são os navios?

Se você já viu alguma imagem de um navio responsável por fazer um cruzeiro, provavelmente se espantou com a sua grandiosidade.

Os navios variam entre os gigantes, que costumam comportar mais de 6 mil passageiros e os menores, que abrigam cerca de 500.

Os maiores, e geralmente mais baratos, possuem atividades o tempo todo, desde diversos restaurantes até piscinas, teatros, cassinos e shows exclusivos.

Como é o público?

A maior parte dos cruzeiristas viajam com crianças – mais de 30% – especialmente nos navios maiores, pois estes possuem uma estrutura capacitada e ampla para recebê-las e, ao mesmo tempo, dar conforto aos pais.

Contudo, o público varia muito de acordo com os destinos.

No Caribe, por exemplo, o público costuma ser mais de famílias norte-americanas, já na Escandinávia, os europeus idosos são mais comuns. No Brasil, os navios para o Nordeste são mais agitados e, para o Sul, mais família.

Vale a pena reservar com antecedência?

Assim como em qualquer viagem de avião, por exemplo, reservar com antecedência sai sim mais barato. Quanto mais perto do embarque, menos chances você terá de conseguir cabines com valores mais baixos.

Vale destacar que as cabines internas são as mais baratas, devido ao seu tamanho reduzido – cerca de 11 a 16 m² – e pela falta de janelas, o que pode ser um problema se você tem o sonho de viajar olhando o mar.

Entretanto, perto das datas de saída, as companhias costumam fazer promoções para vender as cabines que sobraram. Se a viagem não for programada e surgir essa oportunidade, não esqueça de dar uma olhada nas tarifas.

Devo comprar os passeios do navio?

Geralmente, os preços dos tours são um pouco salgados. Porém, se você ainda não conhece o destino e deseja aproveitar as poucas horas de turista, talvez seja o mais recomendado.

Entretanto, fazer um tour por conta própria pode ser difícil, pois você terá de coordenador os horários com a partida do navio e se locomover por conta própria. Mas, nada é tão difícil assim, não é mesmo? Ainda mais se você levar em conta o dinheiro que economizará.

Funciona internet?

Quem vive sem internet atualmente? Uma das maiores preocupações de quem deseja fazer um cruzeiro é, sem dúvida, a conectividade dentro do navio.

Geralmente, os navios possuem wi-fi e, se não houver, existem algumas opções como usar o computador da embarcação, porém o valor é um pouco alto.

O celular de fato só pega próximo à costa, e ao custo de roaming nacional ou internacional. Fazer ligação dos telefones dos navios, via satélite, é extremamente caro.

conseguimos esclarecer algumas de suas dúvidas? Fazer um cruzeiro é realmente é uma atividade muito relaxante, proveitosa e bonita. Por isso, se ainda resta algum receio de embarcar nessa nova jornada, deixe-o de lado e aproveite!




Veja também

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Home office está surpreendendo os empresários

Reserva online