Viagem e Turismo

Madrid

Por Administrador em 29 de Março de 2012

Em plena Plaza Mayor, o burburinho das pessoas que conversam nos cafés se mistura à uma música típica de Flamenco. Não é à toa que você pode ser tomado pela sensação de estar dentro de um filme de Almodóvar: o cineasta é um grande admirador deste cenário. Isto também não é um acaso: Madri é um destino acolhedor, envolvente e apaixonante. Os prédios antigos, representantes de todas as épocas, estão lado a lado com construções modernas. Lojas de grife também dividem espaço com mercados e feiras. O dia e a noite batalham pela atenção dos turistas. Madri_-_Plaza_Mayor.jpg Plaza Mayor Érika Herkenhoff, que escolheu Madri como seu destino de férias, descreve bem o clima madrilenho: “Madri é uma festa. Todo dia parece fim de semana, as pessoas almoçam e jantam tarde, não precisam de muita força para cair na noitada e amanhecer na rua”. A capital da Espanha compete com Barcelona pelo título de melhor destino. E tem potencial. Entre suas principais atrações está a Plaza Mayor, idealizada pelo Philip II, ainda no século 16. Em meio à construção simétrica, a Casa de la Panaderia, de 1590, rouba a cena. Desde sua construção a praça é sede de festividades variadas, mas as execuções de então (felizmente) deram espaço às feiras, festivais de dança, entre outros. Outro ponto turístico disputado é Museo del Prado, uma das melhores galerias da Europa e grande estrela de Madri. A construção neo-clássica do século 18 foi transformada em museu apenas em 1819 e, desde então, abriga obras de Velázquez, Rubens, Bosch e, a principal atração, Goya. Madri_-_Museu_del_Prado.jpg Museo del Prado Outro passeio imperdível para os amantes de história é o Museo Reina Sofia sediado no antigo Hospital Geral de Madrid, do século 18. Nele, mais nomes lendários: Salvador Dalí, Juan Gris, Miró. O gigantesco quadro Guernica, de Pablo Picasso, é uma das principais atrações. O Museo Thyssen-Bornemisza, que leva o nome da família proprietária, também reúne obras de renome. Entre as principais atrações estão Tiziano e Caravaggio. A coleção está organizada em ordem cronológica – do Renascimento ao século 20. As primeiras fundações do Palacio Real de Madrid datam do século 9, mas foi apenas no século 18 que a atual construção foi erguida. Utilizado por muito tempo como residências dos monarcas, hoje o palácio abriga eventos do governo. Madri_-_Palacio_Real_de_Madrid.jpg Palacio Real O Palacio Real de Aranjuez está entre os rios Tajo e Jarama e também vale a visita. Sua arquitetura imponente mistura características de várias épocas e a decoração interior data do século 18. Reserve um dia também para o Parque del Retiro, um dos principais de Madri. Adornado por estátuas, fontes, monumentos e jardins, o parque é um cenário estonteante. O espaço abriga exposições e eventos, além de construções belíssimas, como o Palácio de Velázquez e o Palácio de Cristal. Fãs de futebol têm uma parada obrigatória no Estadio Santiago Barnabeu, inaugurado em 1947 com uma partida entre Real Madrid e o clube português Os Belenenses. O estádio foi palco de partidas importantes pela Liga dos Campeões e Taça da Espanha, entre outros campeonatos importantes. É possível fazer visitas guiadas pelas instalações. Madri_-_Estadio_Santiago_Bernabeu.jpg Estadio Santiago Barnabeu Depois de tantas atrações, a dica é reservar um tempo para aproveitar a gastronomia local. Érika dá a dica, “O ‘combo’ de três pratos, bebida e sobremesa é comum e os quitutes saem por preços bem interessantes. Fora que não tem balada sem (muitos) tapas e uma passadinha na San Ginés para um churro antes de dormir”. No restaurante Las Tapas, os turistas podem conhecer as tapas, um petisco espanhol que se tornou prato principal. Elas são geralmente salgadas e servidas quentes ou frias. No Mercado San Miguel, próximo à Plaza Mayor, você encontrará de tudo: o típico jamón, as tapas, vinhos e frutos do mar, entre outras delícias. Uma opção mais em conta é o Restaurante Nodo, que fica fora do roteiro turístico. Nele, a cozinha japonesa e a espanhola andam de mãos dadas. E, se o seu interesse são as compras, fique de olho na Rua Granvia e no bairro Salamanca, que reúnem grandes grifes e lojas espetaculares.




Veja também

Prepare-se para a 43ª Festa das Nações de Guaíra

E-mail, carta ou telefone: como convidar para um evento?

Reserva online