Há aproximadamente um ano o Deville Express Guaíra permite a hospedagem de animais de estimação de pequeno porte. Segundo o gerente geral Manoel Terron o hotel começou a receber muitas consultas de hóspedes que gostariam de viajar com seus pets e não encontravam lugares e, por isso, começaram um serviço pet friendly. “Atualmente recebemos animais de estimação de pequeno porte (até 10 kg), sugerimos que os hóspedes tragam a caminha, potinhos e acessórios para que ele se sinta mais a vontade no ambiente ”, afirma o gerente. Os animais não podem circular em áreas comuns aos hóspedes como recepção, piscina e restaurante do hotel e é necessária a apresentação da carteira de vacinação atualizada. A diária para o animal é de R$ 50,00 e só é permitido um pet por apartamento. De acordo com as normas da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) o transporte de animais vivos pode ser feito em aeronaves de transporte de passageiros, em compartimento destinado a carga e bagagem. Como o peso do animal não poderá ser incluído na franquia de bagagem do passageiro, é cobrado um valor adicional. O transporte de animais domésticos (cães e gatos) na cabine de passageiros fica a critério da empresa. Caso seja aceito, o transporte deverá ser feito com segurança, em compartimento apropriado, sem causar desconforto aos passageiros. Para viajar com o seu pet é preciso apresentar atestado de sanidade do animal, fornecido pela Secretaria de Agricultura Estadual, Posto do Departamento de Defesa Animal ou por um médico veterinário. Veja as normas de algumas empresas aéreas brasileiras para viajar com animais de estimação: Azul: cada passageiro tem o direito de levar apenas um animal durante o seu voo. A bordo da cabine de passageiros, são permitidos até três animais domésticos (cães e gatos) por voo, desde que tenham mais de quatro meses de idade e sejam transportados com segurança e em embalagem apropriada. Para este serviço é cobrada taxa de R$ 200,00 (duzentos reais) ou US$ 100,00 (cem dólares) por trecho. O peso total (animal + container) deve ser de, no máximo, 5 kg. O animal deverá estar limpo, saudável e sem odor desagradável. GOL: Além de cães-guia, cão ouvinte e cão-assistente, acompanhados de uma pessoa com deficiência visual, na GOL é possível levar seu cão ou gato de pequeno porte com você nos voos. Junto com a caixa de transporte o pet deve pesar até 10kg. Acima deste peso não poderá ser transportado na cabine de passageiros. O kennel com o bichinho será acomodado abaixo do assento da frente do passageiro, preferencialmente nos assentos da janela. Apenas cães e gatos são permitidos – quaisquer outros animais de pequeno porte não podem embarcar. A idade mínima é de 4 meses, e o animal deverá estar limpo, saudável e sem odor desagradável. LATAM: você pode levar seu animalzinho (cachorro ou gato) na cabine ou no compartimento de carga do avião, de acordo com a disponibilidade de transporte. Tenha em mente que você não poderá levar o seu cachorro ou gato para os seguintes destinos: Ilhas Galápagos, Austrália, Nova Zelândia, Papeete e Inglaterra. Seu animal de estimação deve ter mais de 8 semanas de idade. Se você viaja com seu animal na cabine será necessário o certificado de um médico veterinário, emitido há no máximo 10 dias antes do voo, que ateste que o animal está saudável para realizar a viagem. Ele precisará permanecer na caixa de transporte durante todo o voo e não são permitidas caixas de transporte com rodas. A caixa deve ser acomodada abaixo da poltrona do assento da sua frente, ou embaixo de suas pernas. Quando for viajar com seu animal, você poderá sentar apenas na poltrona da janela. O serviço será solicitado na reserva da sua viagem e poderá ser pedido até 48 horas antes da saída de seu voo. Leia também: – Viajando com petsHotel Deville Express Guaíra no festival de turismo das cataratasPintado na telha: culinária regional no restaurante do Deville Express Guaíra  




Veja também

Como escrever um e-mail corporativo?

5 ótimos passeios bate e volta saindo de Curitiba

Reserva online