Viagem e Turismo

Cuba

Por Administrador em 28 de novembro de 2012

As diferenças sociais, políticas, históricas e o calor de Cuba foram os principais fatores de para que o designer Fabio Carvalho e três amigos escolhessem o país como destino de férias em 2010. O frio do inverno curitibano foi trocado pelas praias caribenhas de Havana e Varadero. Os amigos organizaram toda a pesquisa de hotéis e passagens, itens fundamentais para conseguir o visto cubano, com antecedência. Em Havana, capital de Cuba, Fabio e seus amigos puderam voltar no tempo e ver como era a vida das pessoas durante a colonização espanhola. O grupo se hospedou no Hotel Ambos Mundos, o mesmo que o escritor Ernest Hemingway esteve. Sua imagem é muito utilizada para atrair turistas. havana.jpg Para Fabio, o melhor mojito está no La Bodeguita del Medio e o melhor daiquiri é o do La Floridita. Para quem está na cidade, vale a pena visitar a fábrica de charutos Real Fabrica de Tabaco Partaga, Castillo de los Tres Reyes del Morro e o Museo de Belas Artes. “Não conheço nenhum museu tão completo quanto este. São dois prédios que abrigam uma parte Mundial e Clássica e outra moderna, organizado por épocas e civilizações”, afirma o apaixonado por história. drinks.jpg Durante as andanças por Havana, o contou com a ajuda de um taxista cubano para viajar. “Varadero é completamente diferente, você não consegue ter contato com os cubanos, é um local extremamente turístico, hotéis por toda cidade com muitos canadenses e europeus. Aproveitávamos muito as praias com caiaques, e cerveja cubana (ótima por sinal) o dia todo liberada. Fizemos mergulho e vimos um show de golfinhos”, lembra. Contabilizando passagens, hospedagem, alimentação e presentes a viagem custou cerca de R$ 5.000 para cada pessoa. “Em Cuba o ideal é levar euros. Existem duas moedas em Cuba, o peso conversível (utilizada pelos turistas) e os pesos cubanos (utilizada pelos cubanos), o peso conversível vale quase 25 vezes mais que o peso cubano”. amigos.jpg Se você gosta de guardar lembranças do país, além de fotos e memórias, se prepare para tirar uma fotocópia do visto. “Não há carimbo no passaporte, somente um visto em duas vias que você deixa uma via quando entra e uma via quando sai do país. Se quiser ter como lembrança, faça uma cópia, pois não fica nada contigo.”




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online