Viagem e Turismo

Cruzeiros

Por Administrador em 13 de setembro de 2011

Se você já fez um cruzeiro, não precisa de argumentos a favor – certamente colecionou bons momentos durante sua viagem e sobram motivos para optar por eles. Se você nunca viajou, mas eles estão entre seus planos, prepare-se. A viagem em um navio é uma experiência surpreendente, geralmente muito mais intensa do que se imagina antes de embarcar. Os destinos são variados – do Alasca ao Caribe – assim como as companhias e navios. Existem embarcações de todas as categorias e tamanhos, com estruturas e serviços únicos. Em mar ou em terra, os cruzeiros garantem a diversão e o descanso durante toda a viagem. Eles também são uma das maneiras mais práticas de viajar, pois geralmente incluem a acomodação e a alimentação no preço e visitam vários destinos. O primeiro passo para zarpar é a escolha do destino. Muitos passageiros também decidem de acordo com o porto de partida, que pode ser no Brasil ou no exterior, e com a empresa, dependendo das preferências, pacotes e orçamento. Veja qual navio é mais adequado para você. Existem várias opções de cruzeiros, que podem ser também temáticos – entre eles os universitários, com shows especiais, para idosos ou casais. deville_viajanavio.jpg Durante a viagem, você sentirá o balanço do navio, mas não precisa se preocupar. Ele é leve e não costuma causar náuseas na maioria dos passageiros. Alguns reclamam do incômodo apenas nos primeiros dias de viagem. A dica é fazer refeições leves, beber bastante líquido e evitar ficar dentro da cabine caso você sinta enjoos. Você passará a maior parte do tempo a bordo, por isso é importante estar atento ao que o navio oferece: piscinas, academias, SPA, quadras de esporte, pista de cooper, teatro, cinema, cassino e até balada. Os navios também possuem mais de uma opção de restaurante, com comida servida o dia todo. Ainda são promovidos eventos especiais, como a Noite do Capitão, Noite do Branco ou apresentações, por isso a dica é levar trajes de acordo. Além das atrações, os navios oferecem uma programação diária de cursos (entre dança e artesanato), cinema, teatros, atividades na piscina, entre outros. Os panfletos com as informações sobre horários, eventos, procedimentos e destinos a serem visitados são deixados diariamente nas cabines. Antes de descer nas cidades visitadas, procure obter toda informação que puder sobre o destino. As paradas costumam durar um ou dois dias, por isso é importante ter em mente o que você deseja conhecer, para aproveitar o passeio da melhor forma. Os passageiros passam por detectores de metais e vistorias no embarque e desembarque, alguns produtos comprados em terra firme podem ser barrados no processo e devolvidos ao final da viagem, como as bebidas alcoólicas. É importante lembrar que o desembarque nos locais visitados depende das condições do tempo. Alguns passeios podem ser cancelados, caso não seja seguro descer do navio. Verifique junto à empresa que procedimentos devem ser tomados caso haja algum imprevisto no trajeto. Se você não quer arriscar, evite comprar pacotes e tours com empresas locais – e possível que não haja reembolso. No caso dos passeios adquiridos no navio, geralmente o viajante recebe o valor de volta. Bagagem O ideal é levar, no máximo, duas malas de 20 kg, para facilitar o transporte. Lembre-se que os navios podem chegar a levar mais de três mil malas, por isso, lacre e coloque etiquetas de identificação nas suas. Não esqueça de colocar seu nome, contato e o nome do navio. Não são permitidos na bagagem itens que emitam calor ou chamas, ou qualquer objeto que possa gerar incêndios. Drogas, armas, facas, tesouras ou substâncias explosivas também devem ficar de fora. Não leve alimentos e bebidas, alcoólicas ou não; eles podem ser retidos no embarque e devolvidos apenas na volta. As malas ficam sujeitas à inspeção durante a viagem. Leve todos os itens frágeis, incluindo câmeras e computadores, em sua bagagem de mão. Todos os documentos necessários para a viagem também devem estar sempre por perto. Em viagens internacionais, procure levar as notas fiscais ou comprovantes de importação no país de bens com origem estrangeira e valor elevado, como notebooks. Embarque Se a empresa com a qual você vai viajar permite o check-in oline, faça, isso facilitará o embarque. Os check-ins começam depois das 11 horas da manhã e é aconselhável chegar depois desse horário, pois os passageiros da viagem anterior estarão desembarcando durante toda a manhã. É necessário deixar as malas no setor de bagagens, elas serão levadas até sua cabine pela equipe do navio. Dirija-se ao balcão de atendimento para realizar o embarque, sempre com documentos de identidade e dados da reserva. O check-in termina duas horas antes da partida do navio. Documentos Viagens nacionais: passaporte válido, RG ou outro documento de identidade válido. Viagens para países do Mercosul: passaporte válido por, no mínimo, seis meses ou RG são os únicos documentos aceitos. Verifique a necessidade de vistos com os consulados dos países que você visitará. Viagens internacionais com transatlânticos: passaporte válido por no mínimo seis meses e visto, caso necessário. Existem algumas restrições de idade para crianças e gestante, você pode obter essas informações com a companhia. No caso de viajantes menores de 18 anos desacompanhados dos pais ou apenas com um deles, é necessário obter uma autorização de viagem, disponível no site http://www.dpf.gov.br/servicos/viagens-ao-exterior/2%20Manual%20Menores.pdf/




Veja também

Prepare-se para a 43ª Festa das Nações de Guaíra

E-mail, carta ou telefone: como convidar para um evento?

Reserva online