A circulação de cédulas falsas da moeda americana ainda preocupa turistas brasileiros em viagem ao exterior, embora sejam difíceis de falsificar por conta dos inúmeros dispositivos de segurança. Conheça cinco passos básicos para identificar com facilidade se o dinheiro que você trocou é verdadeiro ou não.  

1 – Textura e espessura

O primeiro passo para identificar se uma nota de dólar é falsa ou não é sentir sua textura. A verdadeira é feita de fibras de algodão e linho e tem uma textura bastante diferente do papel normal. A tinta em que a cédula é impressa também é distinta e forma um pequeno relevo, sensível ao toque – principalmente se a nota for nova. Correndo as unhas sobre o retrato de qualquer uma das notas, a textura ficará evidente. Observe, também, a espessura da cédula de dólar. Por ser fabricado em um processo que envolve a aplicação de vários pesos durante a impressão, o dinheiro de verdade costuma ser mais fino do que o papel que conhecemos.  

2 – Marca d’água

Para verificar a marca d’água, basta colocar o dólar contra a luz e verificar se a imagem da mesma pessoa que identifica o valor aparece à direita do retrato original. Esse retrato deve aparecer em todas as notas de U$ 10, U$ 20, U$ 50 e U$ 100 impressas até 1996 e também nas de U$ 5 depois de 1999.  

3 – Números de série da moeda

Analisar os números de série das notas de dólar é um passo essencial para perceber a falsificação. Existem dois números, localizados nas duas faces, próximo ao retrato. Para que a nota seja verdadeira, é preciso que os números de série sejam iguais nos dois lados da cédula. Examine também a cor dos números e compare com a cor da estampa do Tesouro Nacional. Se as notas parecerem suspeitas, verifique se os números de série são iguais em todas as notas. Os falsificadores costumam utilizar os mesmos números em todas as células.  

4 – Retrato

Os retratos impressos na nota de dólar também costumam denunciar se ela é falsificada ou não. Quando forem falsas, os retratos podem parecer borrados e impressos. Já os retratos das notas verdadeiras têm diversos detalhes e se sobressaem do fundo. Se for o caso, na borda de cada retrato é possível ler o nome do país em inglês – The United States of America – se observada com uma lupa. Tal característica não pode ser copiada por impressoras normais.  

5 – Microimpressão

Assim como nas notas de real, as cédulas de dólar incluem números e palavras minúsculas e quase invisíveis ao olho nu. Como são muito difíceis de fazer, as letras e números normalmente são borrados nas notas falsas. Nas cédulas verdadeiras, esse recurso terá uma textura diferente, em relevo.




Veja também

Qual melhor forma de realizar uma apresentação para clientes?

4 vinícolas para visitar na serra catarinense

Reserva online