O seguro de viagem geralmente não é utilizado, mas não há dúvidas de que é melhor tê-lo. Na hora em que acontece algum incidente grave, ele pode ser crucial. Leia a seguir a entrevista com o especialista em seguro viagem da Tudo Sobre Seguros, Maurício Tadeu Morais, para não ter surpresas depois de adquirir uma apólice: Blog Deville: Quais são os problemas mais comuns de quem viaja em relação ao seguro que foi adquirido? Maurício Morais: Atualmente os seguros viagem têm a característica de um seguro de acidentes pessoais contemplando coberturas de morte acidental, invalidez permanente por acidente, além de extravio de bagagem e cancelamento de viagem. Há, ainda, a possibilidade de incluir despesas médicas, farmacêuticas e hospitalares, além de inúmeras garantias de assistência 24h em âmbito nacional e internacional. As ocorrências mais comuns estão relacionadas a extravio de bagagens e, por vezes, cancelamento de viagem. Em razão de acidentes ocorridos, verificam-se frequentemente pedidos de assistência médica. Blog Deville: No que geralmente as pessoas se enganam com relação à cobertura do seguro viagem e que precisam de atenção? Maurício Morais: É muito importante que sejam observados os limites de garantia para as coberturas contratadas. O segurado deve estar atento à fixação dos valores de cobertura. É sugerido que sejam compatíveis com as suas necessidades de atendimento em caso de urgência e emergência, especialmente nas viagens ao exterior. Blog Deville: Quais coberturas são imprescindíveis? Maurício Morais: As despesas médicas, hospitalares e odontológicas, em especial nas viagens ao exterior; a assistência jurídica; a cobertura bagagem (extravio, roubo ou destruição); as coberturas de morte e invalidez com assistência funeral; o traslado médico e assistência de outros serviços agregados, conforme as opções oferecidas no plano. Blog Deville: Quais são os cuidados específicos que devem ser tomados para viagens ao exterior? Maurício Morais: Recomenda-se realizar o seguro em seguradora que coloque à disposição dos clientes uma central de atendimento em português. É uma facilidade no momento de solicitação dos serviços contratados. Antes de comprar um seguro para uma viagem fora do país, é fundamental verificar se o atendimento fornecido pelo seu seguro saúde é extensivo ao exterior. Caso não seja, sugere-se a ampliação da cobertura e dos serviços médicos e hospitalares mediante pagamento de custo adicional. No caso de a pessoa já ter um seguro de vida ou de acidentes pessoais, vale rever as apólices para conferir quais coberturas foram contratadas e qual a abrangência territorial que garantem. Alguns países, como Estados Unidos, Austrália, todos da União Européia e outros exigem, no desembarque, a apresentação de comprovante de um seguro viagem com coberturas mínimas. A legislação do país de destino deve ser conferida antes da compra do produto para não incorrer em surpresas desagradáveis.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online