Viajar ao exterior é uma das grandes vontades de muitos brasileiros. Porém, o dinheiro que será gasto na viagem acaba sendo um empecilho. Entenda como economizar. Pensando em ajudar você a realizar esse sonho, nós separamos 7 dicas para economizar na tão sonhada viagem internacional. Fique de olho:

Planejamento

Tenha em mente que tudo de última hora será mais caro, principalmente as passagens aéreas. Por isso, planeje sua viagem com bastante antecedência, dessa forma você poderá encontrar bilhetes mais em conta. Nesse sentido, o ideal é comprar a passagem com seis meses de antecedência. Dessa forma, você pode optar por parcelar e conseguirá pagar uma boa parte até o dia do embarque.

Roteiro

Ainda em seu planejamento, procure pesquisar, por exemplo, os passeios gratuitos que o país oferece e os pontos turísticos que deseja conhecer. Dessa forma, você pode conhecer o país sem gastar horrores. Muitos museus, como o do Louvre, em Paris, por exemplo, são pagos, mas não cobram entrada em dias e horários específicos. Fique atento!

Cuidado com o transporte

A maioria dos países da América do Norte e da Europa oferecem um transporte público de qualidade, dessa forma você não precisa gastar com táxis, diminuindo consideravelmente seus gastos. Prefira hotéis bem conectados à rede de metrô, trem ou ônibus da cidade – a economia com táxi no fim da viagem será considerável! Obviamente existem exceções, principalmente em países em desenvolvimento, e para economizar você pode optar por apps como o Uber. Quando essa opção não estiver disponível, faça como os locais. Um ótimo exemplo são os tuk tuks, muito baratos e populares na Ásia.

Alimentação

Não saia do país pensando em gastar todas as suas economias em comida, até porque existem formas de se alimentar bem, pagando menos. Evite consumir comidas e bebidas dos frigobares de hotéis, por exemplo, pois o preço costuma ser elevado. As refeições em aeroportos ou estabelecimentos muito próximos a pontos turísticos mundialmente famosos, como o Coliseu, em Roma, ou a Acrópole, em Atenas, por exemplo, também costumam ser mais caras. Pesquise e escolha por bares e restaurantes que tenham um preço mais em conta. Os valores variam muito de região para região da cidade, assim como no Brasil, por isso, é preciso estar atento e sempre procurar as opções mais baratas.

Não utilize seu chip no exterior

Um erro muito comum que os brasileiros cometem ao viajarem para o exterior é utilizar seu próprio chip telefônico daqui no país aonde for passear. Os gastos com telefonia ficam absurdamente mais alto. O ideal é você comprar um chip próprio do país. Hoje em dia, é um alternativa relativamente econômica e não te deixa refém das redes wi-fi para se conectar com o resto do mundo. Saiba mais.

Moeda estrangeira

O IOF (imposto sobre operação financeira) é menor quando se está adquirindo a moeda. Então, se você quer pagar menos pela moeda estrangeira, o melhor é levar dinheiro em espécie. Antes de fechar qualquer negócio, pesquise muito as opções de câmbio. Atente-se somente ao lugar onde for armazenar as cédulas. Nossa dica é utilizar uma doleira e usá-la sempre que for sair do hotel. Outra opção é confiar no cofre do seu quarto de hotel (se estiver disponível). De qualquer forma, o ideal é nunca deixar todas as cédulas em um lugar só, pois se acontecer de você perder ou ser roubado, só uma parte do seu dinheiro será perdido.

Evite a alta temporada

Assim como no Brasil, os preços de hotéis, passagens, restaurantes e praticamente todo o resto é mais alto durante a alta temporada. Por conta disso, para economizar e aproveitar a viagem da mesma forma, o ideal é planejar e viajar em baixa temporada. Normalmente, a alta temporada coincide com o verão na região – lembre-se de que no Hemisfério Norte é o contrário daqui. No entanto, você precisa considerar as características de cada lugar: Bariloche e outros destinos de neve, por exemplo, estão bombando no inverno, enquanto regiões muito quentes, como a Índia ou Dubai estão às moscas no verão por causa do calor excessivo. Além de economizar nos gastos, ao visitar seu destino desejado na baixa temporada, você conseguirá aproveitar muito mais as belezas do país, tendo em vista que não haverá muitos turistas no mesmo lugar que você. E agora? Ficou mais fácil planejar sua viagem? Dessa forma você pode gastar bem menos do que era o esperado e aproveitar sua viagem da mesma forma.




Veja também

Como escrever um e-mail corporativo?

5 ótimos passeios bate e volta saindo de Curitiba

Reserva online