Estamos em plena Copa do Mundo, e as curiosidades sobre a Rússia ganham espaço nas conversas do nosso dia a dia. Até o dia 15 de julho, quando se encerra a Copa do Mundo, a Rússia será a capital mundial do futebol e, por isso, os olhos de todo planeta estão virados para o país europeu. Com isso, muito se fala sobre diversas características do país que são interessantes, desde os pontos positivos, até os negativos. Que tal conhecer algumas delas? Conheça mais sobre a Rússia:

1. Gestos obscenos em público

Desde 2014, uma nova lei na Rússia proíbe atos e gestos obscenos em público. Por exemplo, mostrar o dedo do meio é crime e motivo para punições pesadas, até mesmo cadeia.

2. O alfabeto

Se você reparou nas placas com os nomes dos estádios durante as transmissões dos jogos, provavelmente percebeu que o alfabeto deles é bem diferente do nosso. Aquelas letras fazem parte do alfabeto cirílico, criado por volta do século IX por São Cirilo, um dos grandes responsáveis pela difusão do cristianismo. Essa forma de escrita utiliza alguns caracteres um pouco estranhos para nós, como л, ф, и, я e б​ e é utilizada em boa parte dos países que formavam a União Soviética e outros países da região, como a Sérvia.

3. Preconceito

Na Rússia, homossexuais, transexuais, transgêneros e demais pessoas que não se encaixam no que é considerado “normal” para os costumes locais, eram tratadas como criminosos até pouco tempo atrás. Atualmente, são considerados doentes mentais e demonstrações públicas de afeto entre pessoas do mesmo sexo pode gerar sérios problemas com a justiça.

4. Esqueça os memes

Um meme nada mais é do que fazer graça com tudo que está em alta, utilizando a imagem de pessoas famosas, figuras públicas, políticas, jogadores de futebol e o que der vontade. Os memes de fato tomaram conta da internet, mas na Rússia isso é proibido. O país tem um departamento responsável pela supervisão de tecnologia de informação e comunicações. Assim, caso uma personalidade pública se sinta ofendido pela brincadeira online, ela pode acionar o responsável legalmente.

5. Banheiros divididos

Na Rússia, os banheiros são separados em dois cômodos, um para o chuveiro e um para o vaso sanitário. Eles sentem-se confortáveis desta maneira, tratando o caso como uma forma mais higiênica. Além disso, as banheiras para banho são muito populares no país.

6. Comida saudável

Assim como nosso tradicional arroz e feijão, lá na Rússia a comida tradicional é bem simples e muito saudável. Comem-se muitas batatas, repolho, cenoura, cereais e saladas. O prato mais comum é chamado de “pelmeni”, uma massa fina recheada com carne moída.

7. Feriado nacional

Após o Ano Novo, ninguém trabalha durante 10 dias, pois este é um momento para ficar com a família e é considerado feriado nacional. Além disso, os principais feriados são: Dia da Vitória – quando comemora-se a vitória sobre o nazismo em 1945 -, Dia da Mulher e Dia da Constituição.

8. Natal às avessas

Diferentemente de nós, o Natal na Rússia é comemorado no dia 7 de janeiro, seguindo as tradições do cristianismo ortodoxo. Os russos enfeitam suas casas com decorações tradicionais de Natal, como árvores, pisca-pisca e velas desde o Ano Novo.

9. Frio rigoroso

Durante o inverno, as temperaturas tendem a ser extremamente baixas e castigam os russos. Por isso, cada apartamento ou casa possui um sistema de aquecimento central ligado em todos os cômodos. Os aquecedores são desligados no verão, pois as temperaturas são elevadas.

10. Cadastro esportivo

Para assistir aos jogos da Copa é necessário um cadastro no sistema específico do mundial – desenvolvido pelos russos – com a intenção de conhecer todas as pessoas que entram no estádio. Nele, há todas as suas informações e também a sua foto. Sem esse cadastro e sem o crachá que é entregue como identificação, você não pode entrar em nenhum estádio. Essa medida foi tomada para que, em caso de conflito, seja mais fácil identificar as pessoas envolvidas. Quanta coisa diferente, né? Infelizmente, algumas leis da Rússia são bem atrasadas, mas o país possui uma rica cultura e uma história muito interessante.




Veja também

Os pratos mais deliciosos do Deville Prime Cuiabá

5 destinos da Região Centro-Oeste para você conhecer

Reserva online