São inúmeras as facilidades que os aplicativos trouxeram aos usuários de smartphones. E no que se refere mais especificamente aos empresários, o resultado não foi diferente. As ferramentas proporcionaram muito mais praticidade, dinamismo e eficácia no gerenciamento dos negócios. Quem fala sobre o assunto é Luciano Ayres, diretor de negócios da i2Mobile, empresa de Soluções em Estratégia, Design e Tecnologias Móveis. Veja a seguir a entrevista: Blog Deville: Como os aplicativos estão transformando o modo de fazer negócios? Ayres: As pessoas, ou melhor dizendo, os hábitos das pessoas e consumidores é que estão mudando. Empresas eficientes têm capacidade de se adaptar rapidamente a novos cenários do mercado, os quais são ditados justamente pelo comportamento dos seus consumidores. Há alguns anos, as marcas brasileiras que investiram de forma pioneira na tecnologia móvel para melhorar seus resultados foram inovadoras, mas no mercado atual, ter presença na plataforma mobile já é uma obrigação. Blog Deville: Como eles ajudam o empresário a cuidar das questões do escritório? Ayres: Muitos empresários e executivos já utilizam aplicativos para monitorar em tempo real os dados e informações sobre o negócio. Essa praticidade praticamente extinguiu a necessidade de estar na frente do computador para realizar tarefas rotineiras da empresa, seja na comunicação com a equipe ou na gestão financeira. Blog Deville: De que maneira eles contribuem para atrair clientes? Ayres: Toda empresa que busca melhorar o relacionamento com seus clientes ou oferecer produtos ou serviços com maior comodidade deve avaliar a utilização da plataforma móvel. O aplicativo em si deve ser uma extensão da visão e objetivos da empresa. Blog Deville: O que esperar dos Apps (ou da tecnologia em geral) voltados aos negócios no futuro? Ayres: Atualmente, existe uma forte tendência de utilizar a tecnologia vestível, ou seja, uma evolução da tecnologia móvel. Ao invés do celular ou tablet, a inteligência e o processamento das informações também são realizados através de acessórios como relógios (os chamados smartwatches) ou óculos inteligentes, como no caso do Google Glass. A ferramenta já é bastante utilizada por empresas do exterior em processos internos e de campo. Blog Deville: Como escolher a melhor forma de utilizar a plataforma móvel? Ayres: Conhecendo bem os clientes e consumidores e refletindo. O primeiro desafio é começar. Depois disso, a experiência e lições aprendidas ao longo do processo vão permitir que empresa refine e aperfeiçoe soluções mobile que atendam tanto seus funcionários quanto seus clientes cada vez melhor.  




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online