A revista Carta Capital divulgou esta semana o ranking das empresas mais admiradas do país, premiação que completa 15 anos como a mais respeitada pelo mercado e empresários brasileiros. A Rede de Hotéis Deville melhorou sua posição no segmento hoteleiro, passando da sexta para a quarta colocação, dentro todas as empresas brasileiras do setor. O prêmio é resultado de extensa pesquisa da publicação, que avaliou 48 segmentos econômicos. São considerados como critérios: ética, qualidade de produtos e serviços, inovação, respeito pelo consumidor, qualidade de gestão, solidez financeira, notoriedade, desenvolvimento sustentável, responsabilidade social, recursos humanos, além de capacidade de competir globalmente e compromisso com o país. No ranking de 2010, a Rede de Hotéis Deville conquistou a sétima posição. Já no ano seguinte, figurou como a sexta empresa mais admirada do país no segmento hoteleiro, chegando agora à quarta colocação. A evolução da rede é vista pela diretora de Recursos Humanos do grupo, Maria do Carmo Schmidt, como um reconhecimento ao trabalho desenvolvido não só na área de gestão de pessoas, como também na gestão, qualidade de produtos e serviços prestados. Isso também se deve ao plano de investimentos do grupo hoteleiro, que, entre 2002 e 2011, aportou mais de R$ 60 milhões em atualização de suas nove unidades. Em 2011, o grupo obteve 17% de crescimento em receita e investiu cerca de R$ 18 milhões em modernização das unidades. Para 2012, está injetando mais R$ 12 milhões em atualização e ampliação de seus hotéis. Além disso, vai construir duas novas unidades em Campo Grande (MS) e Campinas (SP), com um aporte de R$ 80 milhões e previsão de início das atividades até 2015. De acordo com Maria do Carmo, a Deville recebeu com satisfação a concessão do prêmio. Para a diretora, estar entre as empresas mais admiradas do país é um indicador de que o trabalho está sendo feito de uma forma eficiente. “Temos focado investimentos no aprimoramento e treinamento dos nossos colaboradores. Não apenas na parte técnica, mas também nos aspectos comportamentais, de autoconhecimento, comunicação, planejamento, entre outros. Buscamos fortalecer a ‘cultura Deville’, com foco na transparência, seriedade, melhoria contínua do clima interno da empresa e compromisso com os hóspedes”, observa. Maria do Carmo acredita que entre os itens avaliados pela Carta Capital para a indicação do prêmio, a Rede de Hotéis Deville obteve ótima pontuação nos quesitos qualidade de gestão, de produtos e serviços e em recursos humanos. “Sempre buscamos um time diferenciado, que contribua na consolidação de um dos principais objetivos da empresa que é surpreender os hóspedes, culminando com a retenção deles em nossos hotéis”, explica. Para se ter uma ideia da preocupação da Rede com a qualidade da gestão de pessoas, Maria do Carmo afirma que, de janeiro a agosto, foram registradas 7,3 mil participações de colaboradores em projetos de capacitação técnica e programas de desenvolvimento, somando 29.600 horas. “Investimos R$ 350 mil em treinamento, capacitação e formação. Temos uma estrutura interna de RH que nos possibilita a criação de ações por meio de programas focados nas nossas necessidades, por isso não utilizamos pacotes prontos e o resultado tem sido excelente”, comemora. Em relação a investimentos no patrimônio físico, recentemente o grupo anunciou o aporte de R$ 42 milhões para a construção de um novo hotel em Campo Grande (MS), obra que começa ainda neste ano, e R$ 37 milhões na implantação de uma unidade da rede em Campinas (SP) a partir do próximo ano. Além disso, a Deville segue com seu plano de investimento em modernização de seus nove hotéis, espalhados nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. O GRUPO Nasceu a partir da visão empreendedora de Jayme Canet Junior e João Canet Neto, que abriram em 1974 o Hotel Deville Colonial, no centro de Curitiba. Hoje, o grupo atua como operador e investidor nas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste. A rede tem atualmente nove hotéis, 1.482 acomodações e mais de 1.100 funcionários. Em 2011, obteve um crescimento de 17% na receita e investiu R$ 18 milhões em modernização das unidades. Além de fazer um aporte de R$ 42 milhões na construção de um novo hotel em Campo Grande (MS), o grupo injetará mais de R$ 12 milhões na atualização de seus empreendimentos em 2012. Administra os hotéis São Paulo Airport Marriott Hotel (SP), Deville Salvador (BA), Deville Porto Alegre Aeroporto (RS), Deville Rayon Curitiba (PR), Deville Curitiba (PR), Deville Maringá (PR), Deville Cuiabá (MT), Deville Express Cascavel (PR) e Deville Express Guaíra (PR). Todos os hotéis são propriedade do grupo ou operados com contrato de arrendamento, para garantir a consistência na prestação do serviço.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online