Colocar-se em último lugar na lista de prioridades pode parecer uma atitude inofensiva na correria do dia a dia. Mas a falta de tempo para cuidar de você pode causar mais prejuízos do que benefícios, comprometendo a saúde física e emocional. O problema se agrava na era da informação, onde estamos acessíveis 24 horas por dia. O resultado deste excesso de preocupações aliado à falta de descanso começa com sintomas simples como ansiedade, baixa imunidade e falta de motivação – e pode evoluir para problemas mais sérios, como estresse crônico, depressão e doenças cardíacas. Por isso, não deixe para amanhã o cuidado com a sua saúde. Se falta tempo, dedique-se a atividades relaxantes simples: ouça música, desenhe, escreva um diário, toque um instrumento musical ou faça exercícios de respiração. Outra saída são as terapias alternativas, como a musicoterapia, aromaterapia e cromoterapia, que se baseiam no uso da música, aromas e cores, respectivamente, para aliviar as tensões. Há ainda nomes menos comuns, como o treinamento autógeno, uma técnica de autossugestão que inclui exercícios como a repetição de frases como “Sou uma pessoa tranquila”, entre outras. Há saídas ainda mais criativas, como o Clube de Nadismo, um grupo que incentiva a prática do nadismo – o famoso “não fazer nada”. Basta esquecer as “urgências” e aquele sentimento de culpa que bate quando você está esticado no sofá e aproveitar ao máximo esse momento. Aqui, nenhuma atividade com objetivo conta – nem ver TV. Os adeptos exercitam o hábito de deitar, ficar em silêncio e deixar os pensamentos vagarem, além de aprenderem sobre a importância e benefícios dessa prática. O conceito de nadismo foi criado em 2005 por Marcelo Bohrer, hoje mentor do Clube de Nadismo. A iniciativa está perto de chegar aos 7 mil associados e a participação é gratuita. Outra ideia interessante surgiu na Índia, em 1995. Os Clubes do Riso, ou das Gargalhadas, se espalharam rapidamente pelo mundo, com representantes, inclusive, no Brasil. A ideia é bem simples: rir, rir e rir. Os clubes ensinam os participantes a incorporar as gargalhadas e o bom humor ao seu dia a dia, tornando as tarefas diárias mais leves e aumentando o otimismo.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online