Para quem faz exercícios físicos os suplementos alimentares para ganhar massa muscular se tornaram aliados na conquista da boa forma. Trata-se de proteína do soro de leite hidrolisado que auxilia na constituição de massa muscular, mas que também pode ajudar na saúde. Entretanto, é necessário cuidados em seu uso. O suplemento é absorvido rapidamente pelo organismo, mas quando atua entre as refeições libera muita fenilalanina, fazendo com que haja saciedade e não retardando o esvaziamento gastrointestinal, como pode acontecer com outras proteínas. Para o médico e nutrólogo Mohamad Barakat, especialista em Nutrologia e Metabologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (Abran) e em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp/EPM), ele não deve ser usado sozinho. “Mas não imagine que apenas consumindo tudo isso seus músculos crescerão. Continue sempre com os treinos acompanhados de profissionais qualificados que farão a dieta e os exercícios corretos para o seu organismo e objetivo”, afirma.   Proibição  Entretanto, é necessário cuidado na hora da compra. Em fevereiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), junto com o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), avaliou 25 marcas de suplementos proteicos para atletas, diante de denúncias de irregularidades na quantidade de carboidrato e proteína declaradas na rotulagem. Desses 25, 22 foram considerados irregulares e proibidos de serem distribuídos e comercializados. Mas, apenas um deles apresentou resultados satisfatórios. Portanto, é necessário pesquisar antes de adquirir o produto.




Veja também

Por que tirar um ano sabático? Veja 5 motivos!

Como fazer check-in online?

Reserva online