Assuntos que antes eram discutidos apenas por e-mail e memorandos dentro da empresa, hoje são facilmente discutidos por um grupo do aplicativo Whatsapp. Por isso, alguns hábitos de etiqueta para Whatsapp devem ser pensados. Para evitar problemas e exageros no uso do aplicativo, a coordenadora do curso de Etiqueta e Comportamento Corporativo do Centro Europeu, Silmara Santos Adad, recomenda que as empresas definam um manual de conduta do funcionário nos e-mails, rede sociais e também no Whatsapp. “Proibir nunca é uma opção, é bom ter diretrizes para que a utilização seja feita de forma adequada”, afirmou. De acordo com Silmara, essas regras fazem parte da chamada Netiqueta – ou etiqueta para a internet – que nunca foi tão necessária como hoje em dia.  Conheça seis dicas de Silmara para não abusar e manter uma conduta adequada na hora de mandar mensagens no Whatsapp.

1. Preste atenção no horário das mensagens do Whatsapp 

Principalmente, quando o grupo ou o contato para quem você está enviando mensagens é de trabalho, evite enviar mensagens após o horário comercial. Para Silmara, não é de bom tom enviar mensagens e solicitações fora do horário de trabalho. “Ninguém gosta de ser incomodado em um momento de lazer”, disse.

2. Cuidado com o conteúdo das mensagens 

mensagem do Whatsapp deve ser curta e direta. Evite textos longos e mantenha sempre o assunto no tópico que está sendo discutido – se está no ambiente profissional, seja profissional. Falar sobre outros assuntos pode gerar fofocas, brigas e um desconforto generalizado caso alguém saia do grupo.

3. Não pressione

As duas flechinhas do Whatsapp azuis indicam, no aplicativo, que a pessoa já leu sua mensagem. Não envie outra logo depois, pressionando por uma resposta. “Não sabemos o que está acontecendo do outro lado. A pessoa pode estar no trânsito, em uma reunião ou qualquer outra situação”, diz. Dê um tempo para que a pessoa consiga responder à sua solicitação.

4. Não abuse dos emojis

Os emojis – aquelas carinhas e desenhos que são utilizados nas redes – já viraram uma nova forma de comunicação. E bastante eficiente, diga-se de passagem. “Os emojis são interessantes porque podem ser entendidos por falantes de qualquer língua”, comentou. Mas, abusar deles não é bom. Pode usar, mas em momentos pontuais.

5. Use o silencioso

Com a grande quantidade de grupos, é comum que o aplicativo esteja sempre recebendo mensagens. Lembre-se de silenciá-las – o aplicativo oferece a opção de silenciar os grupos por uma, oito horas ou até um ano. “Às vezes ouvimos os barulhos de notificação durante a ligação, é bastante chato”, comentou.

6. Evite compartilhar imagens e vídeos 

Em muitos grupos do Whatsapp, o compartilhamento de imagens e vídeos é grande, o que acaba incomodando. A não ser que a ocasião seja importante e o grupo precise de motivação, evite imagens com pensamentos de autoajuda. O mesmo para os vídeos – só quando muito necessários.




Veja também

Prepare-se para a 43ª Festa das Nações de Guaíra

E-mail, carta ou telefone: como convidar para um evento?

Reserva online