O inverno chegou e o frio toma conta de várias cidades brasileiras, especialmente no sul e sudoeste do país. Mas, se em casa ele é um incômodo, em muitos destinos no Brasil e no exterior ele é mais uma atração. Milhares de turistas visitam as serras gaúchas e cidades do interior catarinense em busca das baixas temperaturas, lareiras, fondues e das lindas paisagens cobertas pela geada ou, com sorte, pela neve. O frio favorece alguns destinos, mas, para viajar com conforto, é importante tomar alguns cuidados. Prestando atenção às peculiaridades da estação, você pode evitar doenças comuns no período, como a gripe, e não corre o risco de levar roupa de menos. Primeiro, consulte a previsão do tempo para seu destino e se informe sobre as características do clima naquele local. Atenção especial às médias de temperatura, chuvas e à neve. Antes de viajar, procure prever como será seu passeio, se você vai ficar em espaços fechados ou ao ar livre na maior parte do tempo. Leve em consideração quais serão suas atividades. O objetivo principal é conhecer os restaurantes da região? As vinícolas rio-grandenses? Você pretende fazer caminhadas ou vai para uma estação de esqui? Prevendo como serão suas férias, fica muito mais fácil definir o que deve ser levado com você e que precauções tomar em relação à saúde. O que levar na mala Em viagens para lugares frios, escolher o que levar pode ser um desafio. O primeiro impulso é colocar toda a artilharia pesada do armário na mala e depois lutar contra o zíper. Resista à tentação de levar todas as suas jaquetas mais quentinhas com você. Em seu destino, duas ou três jaquetas mais pesadas, provavelmente, serão o suficiente. Se você tiver um agasalho impermeável, é uma boa ideia levá-lo, especialmente se costuma chover no destino. Levar um bom casaco é essencial, fuja daqueles que apenas parecem quentes. Reserve um espaço para as polainas, gorros, luvas e cachecóis, que podem ser muito úteis. Alguns desses itens podem ser comprados no local. Eles costumam ser vendidos como souvenirs em cidades frias. Levar uma ceroula ou meia-calça também é uma ótima pedida para proteger as pernas. Lembre-se que alguns tecidos, como o jeans, não são o suficiente para proteger contra temperaturas muito baixas. As meias ideias são as finas de lã. Meias de algodão seguram o suor próximo aos pés, o que pode deixá-los gelados, além de causarem calos e bolhas com mais facilidade. As blusas mais leves podem ser levadas, mas priorize os tecidos quentes. O ideal é levar algumas blusas com mangas compridas e golas altas. Se você tiver bons casacos, não precisará de muitas delas. Esqueça os chinelos, sandálias e calçados abertos em locais frios, leve apenas os tênis, botas e sapatos fechados. As mulheres devem dar preferência aos sapatos e botas sem salto, especialmente se costuma nevar na cidade visitada. A neve e a chuva também pedem calçados impermeáveis, que não vão ficar encharcados e frios durante os passeios. Não se esqueça de levar em consideração quanto tempo você vai permanecer no local. Você pode criar conjuntos de roupas para cada dia, mesmo que não coloque os planos em prática, apenas para ter uma ideia de quantas peças serão necessárias.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online