Não categorizado

Festivais de música

Por Administrador em 27 de setembro de 2011

O Brasil vem recebendo grandes nomes da música mundial nos últimos meses, em uma programação que já contou com Red Hot Chili Peppers, System of a Down e ainda está para ver Pearl Jam e Foo Fighters. Na onda dos grandes eventos, vieram também os grandes festivais – entre eles, o recente e amado Rock in Rio, que teve desde de Metallica a Elton John no palco. Mas se você perdeu esses eventos – ou esteve lá, e quer mais – não perca as esperanças. Ainda é tempo de curtir outros dois festivais de grande porte em terras brasileiras: SWU e Planeta Terra. SWU Entre os dias 12 e 14 de novembro, a cidade de Paulínia, em São Paulo, vai ser toda música e ecologia, uma das principais bandeiras do SWU. Entre as atrações principais, estão Black Eyed Peas, Snoop Dogg, Faith no More, Duran Duran, Alice in Chains e Stone Temple Pilots. Bandas e artistas nacionais e internacionais completam a programação intensa do festival. Paulínia está a 120 km da capital São Paulo, por isso é importante planejar a viagem. Se você vai assistir a mais de um dia de shows, programe-se para ficar por lá. Os hotéis já estão praticamente sem vagas, mas ainda é possível encontrar chácaras e casas para alugar. Outra boa opção é o camping do próprio evento. A partir de 420 reais, você garante um espaço para a barraca, vaga no estacionamento, chuveiro quente, banheiros químicos, duchas e pias: o ingresso para os shows e a barraca com os devidos acessórios ficam por sua conta. O camping ainda conta com atendimento médico 24 horas e câmeras de segurança. Para chegar até o local, uma boa opção é ir de carro, dividindo os custos de gasolina, estacionamento e aluguel com os amigos. A rodoviária de Paulínia está a menos de 200 metros do local do show. Se você optar pelos ônibus, poderá encontrar passagens saindo do terminal Tietê, em São Paulo. São sete horários de ida por dia e nove horários de volta, e as passagens custam de R$ 21,50 a R$ 26,00. Algumas empresas também organizam idas e voltas de van, mas é preciso fechar um grupo de 10 pessoas. O serviço custa, em média, 80 reais para quem já tem ingresso. Quem ficar hospedado no camping pode realizar as refeições em um restaurante local, que custa de 10 a 20 reais. Ainda há opções de lanches como pizzas e pastéis. Calcule cerca de 30 reais por dia para sua alimentação. Os ingressos ainda estão disponíveis e podem ser comprados pelo site do evento ou em locais de venda específicos (http://www.swu.com.br/). O pacote para os três dias (inteira) custa R$ 586,50. Cada dia sai por R$ 230,00 a pista (inteira). Planeta Terra O Planeta Terra acontece no dia 5 de novembro e vai contar com atrações como Strokes e Nação Zumbi, além de vários nomes consagrados ou recém-lançados do Brasil e do mundo. Os shows acontecem no dia 5 de novembro no Playcenter, em São Paulo. O local fica em uma região de fácil acesso na cidade, com várias opções de ônibus e rotas de carro. O festival vai disponibilizar também 20 ônibus que partirão da Estação Terminal Barra Funda. Os veículos vão transitar a partir das 12 horas do sábado, dia 5, até as 7 horas do dia 6, domingo. Os ingressos para o evento já estão esgotados e não serão realizadas apresentações extras, mas você pode ficar de olho em promoções e negociações de ingressos pela internet ou entre conhecidos. Você pode encontrar mais informações na página do evento. (http://musica.terra.com.br/planetaterra). Dicas para os festivais Aproveitar as bandas que você mais ama e ficar livre de efeitos colaterais é o paraíso. Mas, para isso, é preciso tomar alguns cuidados durante os festivais. Pegar sol sem proteção, por exemplo, pode causar incômodos que vão de queimaduras leves na pele à desidratação, que pode acabar com a sua festa. Leve chapéu, boné, boina ou lenços para colocar na cabeça e não abra mão do protetor solar nunca! Tome muita água e evite as bebidas alcoólicas, que além de renderem várias idas ao banheiro em momentos impróprios (já pensou se você perde aquele lugar na grade?), ainda aceleram a desidratação do organismo. Em caso de chuva, é sempre bom ter uma capa de chuva com você, já que esses acessórios costumam ser vendidos a preços exorbitantes dentro dos festivais. Se você checou a previsão do tempo e vem água por aí, lembre-se de escolher a roupa e os calçados certos. Pode se uma boa hora para usar aquela galocha. A lama que aparece com frequência nesses momentos pode destruir tênis e calças, por isso, cuidado com os tecidos claros e brancos. Antes dos shows, faça alimentações leves e em locais confiáveis. Assim você não passa mal e nem fica apertado para ir ao banheiro químico. Nunca deixe de comer! Você precisará de energia para pular por horas seguidas sem perder o pique. Informe-se sobre o que pode ser levado com você (câmeras, garrafas de água, guarda chuva, entre outros), pois alguns itens podem ser retidos na entrada. Leve poucos objetos, mantenha carteira, documentos e itens de valor sempre por perto. Deixe as joias para outra ocasião. Na hora de escolher as roupas, aposte em peças leves e confortáveis. Nada de abusar dos saltos e acessórios, o importante é enfrentar o show inteiro em pé sem maiores sofrimentos. Aposte nas blusas de cores mais claras, em shorts e calças folgaadas e no tênis de sua preferência.




Veja também

TikTok: conheça mais sobre o app que deve ultrapassar 1 bilhão de usuários em 2021

Fim de semana em Cuiabá: 5 dicas do que fazer na cidade

Reserva online