Empatia é a capacidade do ser humano se colocar no lugar do outro. Mas, qual sua importância no ambiente de trabalho?

Você já tentou se colocar no lugar do outro, tentando entender aquilo que ele pensa ou sente? Em tempos como os de hoje, no qual tudo é muito rápido e dinâmico, às vezes é preciso parar, olhar para o lado e ver que ali existe um ser humano, e não uma máquina.

No ambiente de trabalho, esse exercício deve ser frequente, pois, como se sabe, é dentro desse ambiente que passamos a maior parte do nosso tempo e dividimos momentos bons e ruins.

A importância da empatia

Muitas pessoas subestimam o poder da empatia, porém é muito importante desenvolver a capacidade de ter empatia no trabalho. Trabalhar em um local no qual os colegas não se respeitam e não possuem a capacidade de se colocar no lugar do outro pode ser altamente destrutivo. Isso pode causar problemas psicológicos, muito comum na grande parte da população ativa.

A pressa para fazer mais em menos tempo, a urgência para terminar e entregar tarefas, a pressão por resultados, a ansiedade e autocobrança para ser um profissional melhor… Tudo isso são elementos que acarretam em uma grande pressão psicológica nos trabalhadores.

Por isso, é extremamente importante contar com a empatia não só dos colegas de trabalhos, mas dos líderes da empresa também.

É fundamental ressaltar que problemas externos podem influenciar e muito no rendimento de um trabalhador. Essas questões são muito importantes de serem levadas em consideração, pois ter empatia no ambiente profissional é entender o que o funcionário está passando e apoiá-lo em busca de uma solução.

Como estimular a empatia na organização?

O primeiro passo para estimular a empatia dentro da organização é explicar, de fato, o que é ter empatia pelo próximo. Apesar dos dias serem corridos e com enormes demandas, antes de criticar, é preciso saber a forma como falar e tentar entender o contexto como um todo e não apenas um determinado momento.

Atente-se à história

Todo funcionário possui uma história diferente, já passou por inúmeras situações e merece ser reconhecido por seu bom desempenho. Para o gestor e também para a equipe, ter conhecimento de quem parte da equipe auxilia na forma de tratar a pessoa, assim como respeitá-la.

Atentar-se aos momentos atuais também é de extrema importância. Brigas no casamento, problemas na faculdade, crises financeiras, perda de um ente querido e tantas outras coisas influenciam no resultado do trabalho entregue. Nesse momento, a empatia precisa ser ainda maior, pois é preciso entender o que a pessoa está passando.

Elogie mais!

É muito comum darmos muito mais destaque aos erros do que os acertos, não é mesmo? Isso é extremamente desmotivador e cabe aos gestores e profissionais envolvidos em uma demanda valorizar sua equipe. Elogiar vai proporcionar mais motivação e entusiasmo aos colaborador.

Por isso, não perca a chance de elogiar por um trabalho bem feito, uma campanha de sucesso, um cliente novo ou qualquer outro fator que merece um elogio. Além disso, tome cuidado na forma de expor um erro. Antes de mais nada, é importante entender se aquele profissional ou setor está ou não sobrecarregado.

Esses são passos simples que auxiliam o ambiente de trabalho a ser mais harmônico, respeitoso e empático. Por isso, lembre-se sempre de valorizar cada um de seus funcionários e destacar a importância da empatia nas relações de trabalho!




Veja também

8 destinos para os feriados de novembro

As melhores cidades do mundo para se fazer negócio

Reserva online