Viajar é uma delícia. Mas, até a chegada ao destino, é possível que surjam alguns incômodos no trajeto – e a espera está entre eles. Não faz muito tempo, ficar preso nos aeroportos, seja pelo atraso ou pelas horas que separam a troca de aeronaves, era uma verdadeira tortura. As distrações não iam muito além de algumas lojas e lanchonetes, o que rendia muitas horas de tédio e absolutamente nada para fazer antes de embarcar. Felizmente esses tempos difíceis acabaram. Conheça algumas das opções para tornar a espera nos aeroportos muito mais agradável. Fast Sleep O conceito caiu do céu para muita gente. Isso porque até mesmo as esperas de meia hora podem ser bem cansativas quando se está em trânsito, seja pelo efeito das horas mal dormidas durante as viagens ou pelo simples desconforto físico causado pelo avião. Mas nada que uma sonequinha em um local aconchegante e silencioso não resolva! É essa a proposta do Fast Sleep, uma espécie de hotel simplificado que pode ser encontrado em diversos aeroportos pelo mundo. No Brasil, essa ideia já faz sucesso no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e no Afonso Pena, em Curitiba. Nas cabines, os passageiros encontram apenas o necessário: cama e chuveiro. Nos quartos, há espaço apenas para o beliche e para a mala, e o banheiro é compartilhado com os demais hóspedes: um verdadeiro sonho de consumo para quem antes tinha que batalhar por uma posição confortável nos bancos das salas de espera. O Fast Sleep geralmente inclui o acesso à internet no preço e é possível também comprar apenas o banho. Os hóspedes pagam por hora ou pela diária, com preços a partir de R$ 60 em média. Salas VIP Elas são amplas, bem decoradas, climatizadas, possuem poltronas confortáveis e algumas facilidades exclusivas, como acesso à internet, lanchonetes e espaço para as crianças. As salas VIP são oferecidas por companhias aéreas em parceria com administradoras de cartões de crédito – uma excelente opção para quem viaja com frequência. Alguns exemplos são o Diners Club Internacional, que aceita qualquer cartão Diners Club, a Sala VIP Itaucard e o Lounge HSBC Pemium, que aceitam cartões específicos. A TAM tem uma sala especial para quem tem o TAM Itaucard Platinum, Star Alliance Gold ou Tam Fidelidade Vermelho ou Black. A Gol oferece a Sala VIP Smiles para quem estiver nas categorias Ouro ou Diamante do programa de fidelidade Smiles. Se você não é cliente de nenhum desses serviços, ainda pode optar por empresas como Priority Pass e Salas VIP, que oferecem acesso a salas no Brasil e no mundo com diferentes planos de pagamento. Restaurantes e lanchonetes Eles estão em absolutamente todos os aeroportos e são uma maneira deliciosa de passar o tempo. Embora os preços possam ser um pouco salgados nesses locais, os restaurantes ainda são uma boa maneira de se distrair, conversar, ler, usar a internet ou até conhecer um pouco sobre a culinária local. Tome cuidado apenas ao escolher a sua refeição – não se esqueça de que você está prestes a viajar e uma alimentação pesada pode causar mal-estar. Escolha bem os estabelecimentos e prefira lanches leves, sem exagerar na quantidade. Se sua ansiedade vai às alturas ao embarcar, evite bebidas estimulantes como o café. Internet A maioria dos aeroportos disponibiliza acesso à internet, além de várias tomadas para os equipamentos. Navegar é uma maneira muito eficiente de passar o tempo, e você ainda pode aproveitar para colocar o trabalho em dia ou entrar em contato com quem espera notícias suas. Livrarias Elas também são muito comuns em aeroportos e são uma fonte rica de passatempos. Se você não tem o seu próprio livro em mãos, experimente procurar por um título interessante ou pelos famosos jogos de caça-palavras, sudoku, entre outros. Que tal aproveitar para aprender algumas frases no idioma falado no país que você vai visitar? Ou encontrar as atrações turísticas mais promissoras em seu destino? Lojas Se está sobrando tempo e dinheiro, uma boa opção é visitar as lojas dos aeroportos. Além de souvenirs e presentes para os conhecidos, você poderá encontrar os mais variados produtos, de vestuário a cosméticos. Se você está na área de embarque internacional, uma boa pedida é o Duty Free, onde os produtos são livres de impostos. No Duty Free de embarque não há limite de valor para as compras, deve-se apenas ficar de olho nas regras do país para o qual você vai viajar. Atenção também à volta: a fiscalização considera que você comprou os produtos no exterior. No Duty Free de desembarque há um limite de US$ 500 por pessoa e restrições de quantidade (10 cosméticos ou perfumes por pessoa, 3 unidades de eletrônicos, etc). Uma boa pedida é pesquisar os preços usuais dos produtos antes de comprá-los no Duty Free – nem tudo vale a pena. DICA DEVILLE STARCLUB E quando você chega no aeroporto e descobre que seu voo foi cancelado? Infelizmente esse stress é bastante comum em aeroportos de todo o mundo. O Deville Starclub tem um post especial com dicas sobre o quê você deve fazer nestes casos. Leia aqui.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online