Toda viagem é repleta de momentos únicos e inesquecíveis; e para registrar os melhores instantes, a câmera fotográfica se tornou acessório indispensável na hora de botar o pé na estrada. Para tirar fotos ainda melhores algumas recomendações podem ser seguidas, confira: – Antes de colocar na mala, é imprescindível testar e conhecer a câmera. Se o equipamento é novo, tire um tempo para experimentar suas funções e configurações e, por segurança, leve também a câmera antiga. – Uma das dicas mais importantes para garantir que tudo seja devidamente registrado na viagem, é levar sempre cartões de memória e baterias ou pilhas extras. Vale levar também pen drives para salvar as fotos e trazê-las para casa em segurança. – Durante a viagem, mantenha a câmera sempre protegida, guardada em um estojo apropriado. A poeira, líquidos, pancadas e até a temperatura podem causar danos ao equipamento. É interessante envolver a câmera com filme plástico transparente para protegê-la de areia ou poeira, deixando apenas a lente de fora, e ter um saco plástico à mão para guardá-la em caso de chuva. – Tome alguns cuidados também para impedir que sua câmera seja furtada, pois estamos sujeitos a isso em qualquer lugar do mundo. Prefira bolsas ou mochilas mais discretas, sem a estampa da marca da câmera; sempre use a alça cruzando o pescoço, e não apenas no ombro, e nunca pendure a mochila na cadeira de cafés e restaurantes. – Geralmente as melhores fotos registram momentos inesperados e únicos. Por isso, coloque a câmera, os cartões de memória e pilhas reservas em um local de fácil acesso. Durante o percurso, leve o equipamento na bagagem de mão. – Consulte a previsão do tempo e programe a visita de jardins, parques, torres e pontes para os dias mais quentes. Nos dias em que a previsão é de chuva, aproveite para conhecer e fotografar os museus e igrejas da cidade. – Muitas vezes, a luz determina a qualidade da foto, por isso, observe e tire proveito da luz do sol. Os melhores horários para fotografar são de manhã e ao entardecer. Pouco antes do pôr-do-sol, na chamada “golden hour”, o sol atinge certa altitude no céu e ilumina o mundo com uma luz quente, indireta e difusa que destaca cores, volumes e texturas – perfeita para fazer belas fotografias. – Antes de tirar cada foto, olhe o visor todo, buscando elementos que estejam poluindo a imagem. Nada pior que voltar de viagem e descobrir que a foto incrível em frente à torre Eiffel tem um turista atrapalhando a cena. – Por fim, seja original. Fotografe de diferentes ângulos, busque detalhes interessantes, experimente outros pontos de vista – além de conseguir fotos mais interessantes, você irá observar melhor os lugares que visita. Pode ser difícil não abrir os braços embaixo do Cristo Redentor ou tentar segurar a Torre de Pisa, mas não é preciso fazer pose para todas as fotos, as fotografias espontâneas geralmente ficam muito mais divertidas e captam melhor a energia do momento – ouse!




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online