Responsável pelo funcionamento perfeito do Deville Prime Porto Alegre, o Gerente Geral André Machado conta um pouco sobre sua função na unidade

Ser Gerente Geral de um grande hotel não é uma tarefa fácil. É preciso ter tudo sob controle para que o empreendimento tenha o funcionamento ideal e possa oferecer aos hóspedes a melhor experiência possível.

Para nos contar um pouco mais sobre essas responsabilidades, entrevistamos André Machado, Gerente Geral do Deville Prime Porto Alegre.

Confira a entrevista!

Qual é a sua formação?

Sou formado em Hotelaria pela Universidade de Caxias do Sul, e possuo um MBA em Gestão de Pessoas pela FGV.

Quais são as responsabilidades e tarefas de um Gerente Geral?

O pleno funcionamento do hotel como um todo é a grande responsabilidade do Gerente Geral, através do direcionamento e orientação dos demais gestores do hotel, acompanhamento das atividades e conhecimento do público-alvo. Toda a operação e também a parte administrativa do hotel estão sob responsabilidade do Gerente Geral, assim como o desenvolvimento e implementação, junto ao Gerente Comercial, das decisões estratégicas de vendas da unidade.

Dentre as tarefas, estão o acompanhamento dos resultados da unidade através dos relatórios, definição de ações para o atingimento das metas estabelecidas, o direcionamento das atividades operacionais e o contato constante com a equipe de gestores visando a manutenção dos padrões de atendimento.

Qual é a importância da Gerência Geral dentro da Rede Deville?

Além de ser o principal responsável pelo desenvolvimento de talentos entre os gestores da unidade, o Gerente Geral deve ser o elo que faz a ligação entre as estratégias traçadas pela Diretoria da Rede Deville e as ações para que essas estratégias deem o resultado esperado na unidade.

Como começou sua jornada dentro dos Hotéis Deville?

Eu iniciei na Rede Deville em março de 2008, como Gerente de Operações da unidade de Porto Alegre. Em setembro do mesmo ano fui promovido à Gerência Geral da unidade de Florianópolis, passando depois pelas unidades de Curitiba, Deville Rayon e Deville Cuiabá, antes de retornar à unidade de Porto Alegre, em junho de 2017, como Gerente Geral.

O que mudou de lá para cá?

Além da mudança de cargo, saindo da Gerência de Operações para a Gerência Geral, a cada uma das unidades que assumi os desafios aumentavam, por estar sempre assumindo unidades maiores, com mais colaboradores e faturamento maior. Hoje estou à frente da segunda maior unidade da Rede Deville, o que traz uma responsabilidade muito grande, mas também dá maior visibilidade ao meu trabalho e aos resultados alcançados.

Qual é o aspecto que mais te agrada em trabalhar no Deville?

A Rede Deville é uma rede que dá oportunidade de mostrarmos nosso trabalho, oferecendo oportunidades de crescimento e valorizando os bons profissionais que nela trabalham. Além disso, é uma empresa extremamente correta, com princípios de ética e respeito que combinam com meus próprios princípios.

Você lembra de algum episódio especial que marcou a sua trajetória no hotel?

Foram muitos momentos marcantes, fica difícil escolher apenas um. Mas duas coisas que me marcaram muito foi o carinho que recebi das equipes nas despedidas das unidades que deixei, e também os diversos profissionais cujas carreiras eu pude ajudar a desenvolver e crescer dentro da Rede.

Qual conselho você daria para alguém gostaria de seguir a sua carreira no setor hoteleiro?

A hotelaria é uma carreira que exige amor e dedicação. Apenas com isso é possível se desenvolver e crescer na profissão.

Bacana a profissão do André, não é mesmo? Com muita atenção e trabalho duro, ele e os demais funcionários da Rede de Hotéis Deville garantem aos funcionários, colaboradores e hóspedes a harmonia perfeita!




Veja também

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Home office está surpreendendo os empresários

Reserva online