“Maringá, Maringá Pra haver felicidade É preciso que a saudade Vá bater noutro lugar” Uma cidade nova – com menos de 60 anos -, onde modernidade e natureza dividem harmoniosamente o mesmo espaço. Assim é Maringá, município idealizado pela Companhia de Melhoramentos do Norte do Paraná e que leva o nome da música de Joubert de Carvalho sobre um moça chamada Maria do Ingá. Planejamento urbano aliado à arborização das ruas e conservação de mata nativa criam o ambiente que chama a atenção pela alta qualidade de vida. Antonio Villaca Torres Júnior, curitibano que reside em Maringá há 8 anos, reforça isso: “uma cidade ótima de se viver, temos sol e calor o ano todo. Não é à toa que os maringaenses são considerados um povo simpático e receptivo”. Uma visita à cidade vale muito à pena e o Deville Starclub dá as dicas: Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória Catedral de Maringá Primeiramente, ela chama atenção pela forma cônica e pela altura: com um total de 124 metros de altura (114 da construção mais dez da cruz), a Catedral de Maringá é o décimo monumento mais alto do mundo e o primeiro da América do Sul. Porém, uma visita revela ainda a beleza dos vitrais feitos por Lorenz Helmair e dos espelhos d’água que formam fontes luminosas com o chafariz. Horto Florestal Horto FlorestalUma reserva florestal natural próxima à área central da cidade é passeio ideal para quem quer curtir a natureza. Além de diversos tipos de árvores e plantas ornamentais e frutíferas, o Horto Florestal possui um lago formado por fontes de água natural, além de animais com os quais é possível interagir, como os pequenos – e, segundo contam, gulosos – macacos. Praça Manoel Ribas Local de diversão e lazer tanto durante o dia quanto durante a noite, a praça possui quadras, playground e área de estar, além de bares e restaurantes, onde os jovens maringaenses se reúnem. Se você busca opções de entretenimento para as noites que vai passar na cidade, esse é o lugar. Parque Alfredo Werner Nyffeler Parque Alfredo Werner NyffelerAlém do contato com a natureza, os visitantes do parque têm várias opções de lazer, como pedalinhos, campos de futebol, parque infantil, pista de cooper e pesca de terça a domingo. Num lugar perfeito para se passar o dia com a família também não poderia faltar uma infraestrutura para alimentação: o parque conta com uma lanchonete que serve lanches e churrasco. Templo Budista Jodo-Shu Nippakuji de Maringá A cidade é, possivelmente, a que mais sofreu influência de imigrantes japoneses no estado do Paraná. Nada mais justo, então, do que um templo budista na cidade. Durante a visita ao local, atente para o altar. Feito em peroba, ele segue a técnica japonesa de construção através do encaixe, sem o uso de pregos ou parafusos. Templo Budista




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online