Em concordância com a tendência de sustentabilidade mundo afora, o objeto de plástico não entra mais nos hotéis a partir de janeiro.

Cada vez mais preocupada com o meio ambiente, a Rede de Hotéis Deville tomou uma medida incisiva em prol da diminuição dos resíduos plásticos produzidos sem necessidade. A partir de janeiro de 2019, não serão mais disponibilizados canudinhos de plástico em todos os serviços de bebidas dos hotéis. A medida vale para todos os ambientes onde há a venda e o consumo de bebidas, como bares, restaurantes, área da piscina, room service,  etc.

Caso o cliente solicite, será disponibilizado um canudo biodegradável, que se decompõe em até 180 dias. Esse é o único material certificado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a cumprir as normas de vigentes de biodegradabilidade e segurança ambiental necessárias no país. Para efeitos de comparação, o canudo de plástico comum leva no mínimo 100 anos para se decompor.

O fim dos canudinhos de plástico

Banir o uso de canudos plásticos é a porta de entrada para a sustentabilidade. Essa tendência se estabeleceu de forma irreversível em 2018 e se tornará ainda mais presente em 2019. Empresas gigantes do mundo inteiro, como Starbucks e Mc Donald’s, já sinalizaram que deixarão de usar o canudo plástico.

A rede de cafeterias prometeu banir os canudos de plástico em suas mais de 28 mil unidades ao redor do mundo até o fim do ano que vem. Só no Brasil, a empresa usava 8 milhões de canudinhos anualmente e já os substituiu pelos de papel biodegradável no fim do ano passado. Já a lanchonete de fast food anunciou, em 2018, que passaria a fornecer apenas canudos de papel aos clientes das mais de 1,3 mil lojas no Reino Unido e na Irlanda.

Por que o canudo?

Você pode estar se perguntando por que os canudinhos de plástico se tornaram o “vilão” da vez. O principal motivo é que, salvo exceções de pessoas com mobilidade reduzida, ele é inútil. E os números assustam: de acordo com uma pesquisa do governo norte-americano, mais de 500 milhões de canudos plásticos são utilizados diariamente nos EUA.  

Mas o canudo de plástico é apenas o começo. Uma pesquisa recente publicada na revista científica Science revelou que, no mundo inteiro, são produzidas 275 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano – e entre 4,8 milhões e 12,7 milhões de toneladas chegam aos oceanos. Isso apenas reforça a importância de substituirmos e repensarmos todas as nossas escolhas de produtos do dia a dia e grandes marcas e empresas têm papel fundamental no incentivo à adoção de novos hábitos.

Deville sem canudo!




Veja também

5 museus internacionais para conhecer do conforto do seu lar

Chega ao fim a parceria entre Hotéis Deville e Smiles

Reserva online