São menos de 60 anos de emancipação e Cascavel já é considerada a capital do oeste paranaense. Para quem não é do meio, isso não parece ser muito significante. Mas quem trabalha com agronegócio e agroindústrias entende a importância da cidade que, com cerca de 300 mil habitantes, é responsável por abater dois milhões de aves diariamente. Sem contar o destaque como pólo universitário (são sete instituições de Ensino Superior na região) e o crescimento do esporte e da cultura locais. O Check-in Deville separou alguns lugares que podem deixar sua visita à Cascavel muito mais interessante: Parque ecológico Paulo Gorski parquepaulogorski_blogcasaconsul.jpg Cascavel abriga a maior reserva ecológica urbana do sul, com aproximadamente 55 hectares de mata nativa, famosa pela grande lago, em que são realizados diversos esportes aquáticos, a Festa da Rainha dos Navegantes e torneios de pesca. Além disso, estão localizados ali um zoológico, o kartódromo, a Igreja do Lago (antiga Igreja Nossa Senhora de Fátima, datada de 1960) e o Teatro do Lago. Catedral de Nossa Senhora Aparecida Catedral A padroeira da cidade ganhou uma casa com localização estratégica na cidade. A visita à catedral é sempre válida, mas ela será ainda mais interessante se você tiver a oportunidade de ver a construção de cima. O projeto do Gustavo Gama Monteiro, com sua laje “plissada” em 18 gomos de concreto, faz referência ao manto e à coroa de Nossa Senhora Aparecida. Museu de Arte de Cascavel MAC Com um acervo composto por pinturas, esculturas, fotografias, arte plumária dos indígenas brasileiros, cerâmica popular paraguaia e artesanato ucraniano, o Museu de Arte de Cascavel é uma ótima opção para quem quer conhecer um pouco mais sobre as artes plásticas de Cascavel e de seus arredores.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online