Gastronomia

Quentão

Por Administrador em 16 de junho de 2011

Em junho, as festas juninas tomam conta do Brasil, sempre coloridas, animadas, embaladas pelos ritmos típicos e repletas de deliciosos pratos tradicionais. As comemorações que homenageiam os santos do mês, entre eles Santo Antônio, São Pedro e São João, foram trazidas pelos imigrantes europeus já nas primeiras décadas da nossa história e hoje são parte importante da nossa cultura. Originalmente uma tradição popular, comemorada principalmente nas cidades interioranas do norte e nordeste do país, a festa junina não poderia deixar de ter algumas receitas bem exclusivas. É o caso do quentão, um dos queridinhos da festa. Sua origem não é exata, mas acredita-se que ele tenha sido feito pela primeira vez no interior de Minas Gerais e São Paulo com o objetivo de esquentar o corpo nos meses frios de inverno. A mistura era originalmente preparada com pinga, gengibre e especiarias. Com o tempo, e com a adoção do quentão pelas festas juninas, as receitas começaram a variar, incorporando a cachaça, o vinho, canela e até marshmallow e frutas. Misturas certamente bem sucedidas, mas nada de se empolgar com o gosto único e o calorzinho delicioso causado pela bebida. Por causa do álcool, ela pode embriagar rapidamente se consumida em excesso. As calorias também não são poucas. Com tanto álcool e açúcar, um copo de 200 ml de quentão pode chegar a 400 calorias. A receita mais tradicional conhecida atualmente é a de cachaça, água, açúcar, gengibre, cravo-da-índia e canela. Em algumas regiões, são adicionados laranja e limão à mistura enquanto a bebida ferve. É possível também acrescentar frutas descascadas, como a maçã, o que é geralmente feito no preparo do quentão de vinho. Para garantir uma ótima bebida, é importante escolher bem a cachaça, pinga ou vinho. Bebidas de boa qualidade fazem um quentão muito melhor, então atenção à origem e propriedades delas. É importante também não fugir da ordem de preparo. No caso do quentão de cachaça, o açúcar vai primeiro para a panela, seguido do gengibre, cravo e canela. A água é adicionada quando o açúcar está derretido, mas antes de ele escurecer. A cachaça vem em seguida – cerca de meio litro de água para cada meio litro de bebida destilada, para que a mistura não fique muito forte. Utilize uma peneira para tirar os ingredientes sólidos antes de servir. O quentão preparado com vinho tinto é popular especialmente no sul do Brasil. A receita também leva gengibre, cravo, canela, açúcar, água e o vinho, ao invés da cachaça ou pinga. Conheça algumas receitas de quentão e aproveite para esquentar as festas juninas ou as noites frias nesse inverno.

Quentão de Pinga

Ingredientes:

– 1½ xícara de açúcar – 1½ xícara de água – 50 gramas de gengibre em fatias finas – 3 limões em rodelas – 4 xícaras de pinga – 3 cravos-da-índia – 2 pedaços de canela em pau

Modo de preparo:

Coloque o açúcar em uma panela e aqueça até caramelizar. Em seguida, coloque todos os ingredientes, menos a pinga, deixando que a mistura ferva até dissolver o açúcar. Retire a panela do fogo e acrescente a pinga, mexendo sempre. Coloque novamente a mistura no fogo e ferva por três minutos. Evite servir o quentão em canecas de metal, que tiram o gosto da mistura.

Quentão de Vinho

Ingredientes:

– 1 garrafa de vinho tinto (cerca de 750 ml) – a mesma medida de água – 1 xícara de açúcar – canela em pau e cravo-da-índia a gosto

Modo de preparo:

Coloque a água, açúcar, cravo e canela no fogo, mexendo até dissolver o açúcar. Quando a mistura ferver, deixe-a em fogo baixo por 20 minutos. Depois, acrescente o vinho, deixe ferver por mais cinco minutos e sirva depois de peneirar a mistura. Você pode acrescentar a esta receita raspas de gengibre, laranja ou limão.

Quentão sem álcool

Ingredientes:

– 1 pedaço de gengibre cortado em pedaços pequenos – 5 limões cortados em rodelas finas – 1 xícara de açúcar – 3 pedaços de canela – cravo-da-índia a gosto – 1 litro de água

Modo de preparo:

Coloque o açúcar em uma panela e mexa até que ele derreta, mas sem deixá-lo escurecer. Acrescente um litro de água e mexa até dissolver a calda. Junte o gengibre, limão, cravo e canela à mistura e deixe ferver por mais alguns minutos. Prove a mistura, se ela estiver um pouco amarga, coloque mais açúcar.




Veja também

Trem ou ônibus: qual é a melhor opção para se locomover pela Europa?

5 dicas para um café da manhã reforçado e saudável

Reserva online