Gastronomia

Café gourmet

Por Administrador em 31 de outubro de 2013

Apreciar um bom café ganha, cada vez mais, novos nuances. O consumo de cafés especiais cresce cerca de 15% ao ano, de acordo com estimativas da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). Os grãos da bebida se diferenciam por conta de atributos físicos e sensoriais, assim como a qualidade da bebida. O professor de classificação e degustação de café Alaerte Telles Barbosa explica que a denominação de cafés especiais são para os que passam por concurso de qualidade e alcançam altas notas. Dentro dos especiais, existe o café gourmet. “São feitos 100% com a espécie arábica e são utilizados para máquinas de café expresso, manuais ou automáticas”, diz Barbosa. Segundo o especialista, em comparação ao café comum, percebem-se diferenças especialmente no aroma e no sabor. Para chegar a esses cafés de alta qualidade, o produtor deve ter um trabalho cuidadoso na colheita e na secagem. Ele deve evitar defeitos nos grãos e fermentações indesejáveis. Degustação Para poder apreciar esse tipo de café, o professor dá algumas dicas. “Normalmente eles devem ser ingeridos sem adição de açúcar ou qualquer tipo de adoçante, pois ele possui a doçura natural do grão”, explica. Segundo Barbosa, o café pode ser tomado também após refeições e em cafeterias. Quer apreciar o café de forma diferente? Veja algumas receitas: Affogato 2 doses de café expresso 3 bolas de sorvete de creme Preparo Coloque as duas doses de expresso. Bata as bolas de sorvete com os expressos no liquidificador até que fique espumoso. Sirva em uma taça gelada de vidro e decore com pó de café. Amaretto Sour Latte 15 ml de xarope de Amaretto 1 expresso de aproximadamente 50 ml 360 ml de leite Preparo Coloque o xarope de Amaretto e adicione uma dose de expresso. Complete com leite vaporizado.




Veja também

Qual melhor forma de realizar uma apresentação para clientes?

4 vinícolas para visitar na serra catarinense

Reserva online