Quando se está planejando uma viagem para o exterior, sempre vem a dúvida à cabeça: alugar um veículo é um bom negócio?

Você está planejando a sua viagem e não quer saber de ter que se preocupar com transporte público ou com horários para ir e vir, certo? Por isso, alugar um carro para se locomover entre os destinos parece ser a melhor opção, mas será mesmo?

Pense no trajeto

Antes de mais nada, você precisa analisar que caminho você terá que fazer em sua viagem. Se deseja fazer trajetos distantes da sua cidade de destino – aquela famosa road trip – sem dúvida será necessário alugar um carro. Os trajetos mais longos costumam ter horários pouco convencionais para deslocamento e tomam muito tempo do viajante. Por isso, neste caso, o automóvel alugado vale a pena.

Existem até roteiros bem famosos para se fazer de carro, como a Big Sur (a região costeira da Califórnia) ou a Rota Romântica (pelas belas florestas da Alemanha). Além disso, você precisa pensar não só no local em que você vai, mas sim o quanto você vai utilizar o veículo enquanto estiver em determinado lugar e o tipo de deslocamento.

Atente-se aos lugares difíceis

Se você deseja visitar desertos, cidades com pouco asfalto ou de difícil acesso, talvez o carro não seja uma boa opção, a não ser que o transporte público não seja tão eficiente. Em grandes cidades, por outro lado, a rede de ônibus e metrôs é tão eficiente que nem é necessário ter um automóvel próprio.

Nova York e San Francisco, nos Estados Unidos, são dois bons exemplos, assim como a grande maioria das capitais europeias, como Londres, Paris e Berlim. Nestes locais também é dificílimo achar uma vaga na rua, e você terá que pagar uma fortuna em estacionamento.

Compras? O carro pode te ajudar

Se a sua viagem ao exterior servir para você encher as malas com roupas dos famosos outlets espalhados pelo mundo, definitivamente você precisará de um carro. É muito mais prático se deslocar de uma loja até a outra com sacolas de compras, roupas, acessórios ou o que mais quiser comprar, se tiver uma forma de guardar o que já comprou.

Este é o caso na Flórida, por exemplo. Os famosos outlets de Orlando, Miami e região têm preços muito atraentes, mas são quase impossíveis de chegar de ônibus de linha. Por isso, não pense duas vezes antes de reservar um carro se pretende fazer uma viagem para lá.

Sem hora marcada

Se você é daqueles que gosta de fazer as coisas no seu tempo e não deseja ficar preso a itinerários de ônibus ou trens, a melhor opção sem dúvida alguma é alugar um veículo, pois dessa forma você pode fazer a rota que quiser no tempo que quiser.

Mas, e os aplicativos de transporte? Eles podem ajudar, sem dúvida, mas se você deseja rodar por algumas cidades próximas a sua de destino, um Uber, por exemplo, sairia muito mais caro do que um carro alugado.

No fim das contas, o que você precisa é definir o seu roteiro, examinar as cidades por onde vai passar e pensar na real necessidade de alugar um automóvel. Se observar que ele será útil para que você possa fazer tudo que deseja, ótimo! Mas, se você usaria apenas por comodidade, às vezes o transporte público para o dia a dia e o ônibus ou o trem entre as cidades pode ser a opção mais vantajosa no fim das contas.




Veja também

Como escrever um e-mail corporativo?

5 ótimos passeios bate e volta saindo de Curitiba

Reserva online