O empoderamento feminino é um termo que vem ganhando ainda mais destaque. Mas, qual a sua importância?

É preciso deixar claro que o empoderamento feminino é uma causa histórica. Isso quer dizer que esse termo tem uma contextualização muito antiga, começando principalmente em 1911.

Na data em questão, mais de 100 operárias foram mortas em um incêndio em Nova York. A partir daí, começava-se a luta por direitos trabalhistas mais justos e por melhores condições de trabalho.

Outra data importante para o empoderamento feminino é o ano de 1932. Nesse momento, as mulheres, no Brasil, conquistaram o direito ao voto opcional. Anos mais tarde, em 1946, ele se tornou obrigatório, assim como o dos homens.

Em inúmeros capítulos da história, as mulheres lutaram pela igualdade de gêneros e por seus direitos.

O empoderamento feminino hoje

Como é possível perceber, as mulheres têm enfrentado um caminho árduo e difícil na luta por seus direitos. Por conta disso, em 2010, a Organização das Nações Unidas (ONU) publicou o “Princípios de Empoderamento das Mulheres”, um guia que conta, de maneira ampla, um pouco mais sobre o assunto. Você pode ler o documento na íntegra clicando aqui.

Em linhas gerais, o empoderamento feminino pode ser definido como o fortalecimento da mulher. Isso significa torná-la mais atuante, dar condições para que ela se sinta segura e autossuficiente e, dessa forma, cresça de forma pessoal e profissional.

Uma nova perspectiva de mercado

Não é novidade que o mercado de trabalho tem sido dominado pelo público masculino durante muitos anos. O motivo disso vem principalmente do preconceito e do achismo de que lugar de mulher é dentro de casa, cuidando da família e das obrigações do lar.

Porém, é inegável que esse pensamento é totalmente retrógrado e, atualmente, as coisas têm mudado de figura. Embora ainda exista muita resistência, as mulheres vêm ganhando espaço no mercado de trabalho e tendo mais visibilidade por suas qualidades profissionais.

Um dos pilares do empoderamento feminino é, justamente, lutar para que esse espaço possa ser cada vez maior.

Saúde e bem-estar

Ao longo dos anos, o corpo feminino foi sempre tratado como um tabu. Por conta disso, não raras eram as situações de mulheres doentes por não conhecerem o próprio corpo.

Uma das lutas do empoderamento feminino é fazer com que as mulheres explorem mais o seu corpo, cuidando da sua saúde física e seu bem-estar mental.

Segurança

A questão da segurança tem sido muito debatida nos últimos anos. Para as mulheres, o tema é ainda mais necessário, pois os números de violência doméstica, assim como casos de abuso público, crescem a cada dia.

Dessa maneira, o empoderamento feminino trabalha com a bandeira de que toda mulher deve se sentir segura em qualquer ambiente. Por isso, existe o incentivo para que haja denúncia de casos de violência doméstica, assim como dos demais problemas enfrentados diariamente.

É por conta desses, e de outros inúmeros motivos, que fazem o termo “empoderamento feminino” ganhar tanta importância. É preciso falar sobre o assunto, debater e lutar para que os direitos sejam conquistados cada dia mais.




Veja também

Saiba como manter amizades

Novas receitas: Tilápia na Manteiga de Canela no Deville Cascavel

Reserva online