Espaço traz como diferencial a interatividade que proporciona a seus visitantes por meio de recursos multimídia

A capital baiana é o lar do primeiro museu interativo sobre o Carnaval a ser inaugurado no país. A Casa do Carnaval reúne centenas de livros relacionados à festa popular mais famosa do Brasil e à cidade de Salvador, suas artes e tradições. Os 200 bonecos feitos de cerâmica representam figuras típicas da folia, além da Sala da Criatividade e Ritmos do Carnaval da Bahia, que detalha a diversidade do carnaval local.

Situado no centro histórico soteropolitano, ao lado da Catedral Basílica Primacial São Salvador, o museu traz como grande diferencial a interatividade que proporciona a seus visitantes por meio de diversos recursos multimídia. Com luzes, refletores e fitas de LED, a espaço tem como proposta remeter à vibração da festa ao som de músicas características da folia. O visitante tem acesso a diversas vitrines com objetos inéditos cedidos por artistas, que mostram decorações antigas e atuais. O espaço reúne a memória da festa em arquivo material, adereços, esculturas, vídeos e áudios.

O turista é convidado a fazer uma viagem visual e sensorial, com diversas experiências relativas ao Carnaval, lembrando transformações sociais e da formação da identidade da Bahia. Nas instalações, é possível conhecer a história da festa e vivenciar a experiência do Carnaval com coreografias dos blocos e bandas, orientados por dançarinos. Já o terraço oferece uma visão privilegiada da Baía de Todos os Santos, com mesas e bancos característicos da festa de rua. O museu é o do Brasil dedicado à memória do Carnaval e está aberto a visitações de terça a domingo, das 11h às 19h.




Veja também

5 diferenciais dos Hotéis Deville para quem curte praticar atividades físicas

6 dicas para tirar fotos em pontos turísticos

Reserva online