Embora pareça desafiador, viajar sozinho também pode ser uma forma divertida de conhecer lugares diferentes e aproveitar o roteiro da forma como desejar

Você já desistiu de uma viagem por estar sozinho? Apesar de ser algo comum, muita gente não se sente confortável em fazer uma viagem sozinho, por inúmeros motivos que vão desde a motivação para os passeios até o medo de que algo aconteça.

Contudo, seja para relaxar em um final de semana, curtir um feriado prolongado ou se programar para as tão esperadas férias, viajar sozinho não deve ser um problema. É preciso, porém, tomar alguns cuidados na preparação e na execução da viagem.

É simples viajar sozinho?

Talvez simples não seja a palavra ideal, afinal, estar acompanhado pode facilitar em alguns aspectos. Entretanto, viajar sozinho pode ser tão gratificante quanto com companhia e, em alguns casos, até melhor.

Isso porque você pode escolher seu destino ideal, fazer suas próprias vontades, ir aonde quiser seguindo seu próprio ritmo e ainda se conhecer melhor, vivendo experiências únicas e inesquecíveis.

Por isso, o primeiro passo é romper a barreira do medo e prestar atenção em nossas próximas dicas.

Acerte em cheio no destino

Não será nenhuma novidade para quem planeja viajar sozinho precisar gastar um pouco a mais, principalmente por não ter outra pessoa para dividir algumas despesas como em lugares para dormir ou na alimentação.

Dessa forma, o destino realmente importa. A nossa principal dica é escolher sua rota de acordo com o real motivo pelo qual você está indo viajar. Pensar sobre o local em que se almeja estar e a real motivação de querer estar ali é essencial para a escolha do destino ideal.

Com a facilidade de informações que temos, graças à internet, é ainda mais fácil definir o melhor destino de acordo com a sua necessidade. Leve em consideração se você espera curtir, descansar, estudar, praticar esportes ou enriquecer-se culturalmente e faça a melhor escolha.

Veja mais:

Vou viajar para o exterior: preciso comprar um chip internacional ou local? 

8 acessórios tecnológicos úteis para sua viagem 

Minha primeira viagem internacional: por onde começar 

Precisa de visto ou não? Site tira essa dúvida 

Atente-se aos detalhes

Aqui você precisa saber que não irá poder contar com outra pessoa para emprestar o secador de cabelo, uma meia extra ou uma blusa de frio, afinal, você estará sozinho. Por isso, os detalhes para sua viagem realmente importam.

Após definir o destino ideal, você tem a obrigação de pesquisar sobre o clima do local, os passeios que pretende fazer e todos os documentos necessários que irá precisar.

A dica principal é separar bem o que terá que levar em sua bagagem a despachar e na de mão. Se uma das duas forem perdidas, você precisa poder contar com o básico para sobrevivência em ambas as malas.

Reserve tudo com antecedência

Embora essa dica seja um pouco padrão em qualquer tipo de viagem, quando se viaja sozinho, ela torna-se ainda mais valiosa, afinal, quanto menos você conseguir gastar com os preparativos, melhor será o roteiro e os passeios que fará.

A primeira atitude que você deve tomar é reservar as passagens de ida e de volta, principalmente se sua viagem acontecer em épocas de feriado ou datas importantes. Planejando com antecedência, é bem provável que você consiga ótimos preços e promoções que realmente compensam.

Além dos voos, você precisa definir o local em que irá se hospedar. Além dos tradicionais hotéis, atualmente é possível contar com hostels, albergues e o famoso Airbnb, que dispõe de opções mais em conta direto com os donos das propriedades para quem deseja economizar na viagem.

Todo cuidado é pouco

Nossa próxima dica é sobre sua segurança, pois estando sozinho, é preciso redobrar os cuidados. A primeira coisa que você precisa fazer, independente do local onde estiver, é sempre ter em mãos telefones úteis da região. Polícia, hospital, táxi, hotel – ou seu local de hospedagem – e o que mais achar necessário.

Além disso, deixe familiares ou amigos com todas as informações necessárias sobre sua viagem, como: locais em que você irá se hospedar, possíveis lugares que visitará e horário dos voos de ida e de volta.

Administre muito bem o seu dinheiro

Administrar o dinheiro em uma viagem sozinho é ainda mais importante. Você deve certificar-se de sempre ter uma quantia em dinheiro com você, principalmente para emergências.

Além disso, muitos lugares não aceitam pagamento por cartões e nem sempre é simples encontrar um caixa eletrônico para sacar algum dinheiro.

A principal dica é tomar cuidado com os abusos, pois turistas acabam sendo alvos de preços abusivos. Se você não quer gastar mais que o planejado, procure ter atenção redobrada antes de sair gastando mais do que você pode.

Percebeu como viajar sozinho não é tão assustador? Você precisa apenas de alguns cuidados extras para que sua viagem não saia fora dos eixos e que ela seja de fato proveitosa.




Veja também

Prepare-se para a 43ª Festa das Nações de Guaíra

E-mail, carta ou telefone: como convidar para um evento?

Reserva online