Retornos negativos também devem ser construtivos, por isso ao dar feedback negativo é importante saber se posicionar ao falar.

Não adianta fugir, todo líder terá que passar pelo momento de realizar feedbacks com a sua equipe. E nem sempre eles serão positivos. Em alguns casos, um feedback negativo é necessário e o gestor deve estar preparado para essa situação.

Quando realizado de maneira correta, o feedback negativo auxilia e muito na evolução do profissional, tornando-o mais preparado para lidar com os desafios do dia a dia e as mais diversas crises que possam ocorrer dentro do ambiente de trabalho.

Dicas para dar um feedback negativo

Prepare-se

Antes de dar um feedback, o líder deve se preparar para a conversa. Afinal, precisará apresentar fatos e argumentos que justifiquem o retorno negativo, sem esquecer de dizer tudo de forma clara e respeitosa.

Para estruturar o momento, basta rever o que foi discutido e proposto no último feedback – que deve acontecer a cada trimestre – e observar o que aconteceu até então.

Utilize um vocabulário positivo

As críticas devem ser passadas sempre de forma construtiva, alinhando todos os pontos benéficos do funcionário e explicando o motivo dos erros e como ele pode melhorar.

Saiba usar os elogios, já que eles tendem a reforçar bons comportamentos e a motivar as pessoas muito mais do que as repreensões.

Fale de forma reservada

Caso o problema tenha sido com o trabalho ou algum comportamento do funcionário, procure não realizar esse feedback de forma expositiva, ou seja, faça-o de maneira reservada, sem os demais membros da equipe.

Proporcionar um feedback negativo na frente da equipe é mais do que expor o colaborador e pode fazê-lo se sentir humilhado também.

Seja claro e ofereça ajuda

Todo líder precisa que suas ações sejam exemplos, por isso é essencial manter sempre o respeito e a transparência com todos os funcionários.

Na hora de indicar a um trabalhador o que precisa ser melhorado, faça isso com clareza, empatia e transparência. Ofereça ajuda caso ocorra alguma dúvida, afinal você é o líder e precisa dar o exemplo.

Entenda o funcionário

O colaborador tem direito de se posicionar e se justificar perante ao feedback negativo. Podem existir inúmeros motivos para algum erro no trabalho, conduta inapropriada ou qualquer que tenha sido o motivo do feedback. Cabe ao gestor entender o porquê do erro e procurar uma forma de conciliar tudo o que acontece.

Realizar um feedback negativo pode parecer uma atitude desconfortável para o gestor, mas apontar os erros e oferecer ajuda ao funcionário é uma maneira de ajudá-lo a melhorar e expor de maneira simples e direta o que não está funcionando tão bem no ambiente de trabalho. Por isso, não tenha medo, siga nossas dicas e prepare-se para uma conversa de forma tranquila e amigável.




Veja também

Regras para desistir da compra de passagens aéreas

Curta o melhor do Dia das Crianças nos destinos Deville

Reserva online