O cooperativismo é uma forma colaborativa de mercado, no qual a relação de companheirismo é de suma importância. Entenda

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o cooperativismo, certo? Mas, para falar mais sobre esse assunto, precisamos explicar o que de fato é esse conceito.

O cooperativismo é uma visão diferente de mercado, sendo mais colaborativa, no qual um membro aproveita a experiência do outro para evoluir e solucionar diversos tipos de problemas. Em linhas gerais, no cooperativismo todos devem doar e receber na mesma proporção. 

Como o cooperativismo pode ser aplicado?

O cooperativismo pode ser aplicado, por exemplo, ao empreendedorismo. Nessa situação, a organização é formada por membros de um mesmo grupo econômico ou social, com o objetivo de desempenhar determinada atividade em benefício comum.

Existem algumas premissas básicas que fazem do cooperativismo uma excelente forma de negócio.

Identidade de propósitos e interesses

Entre os pequenos negócios, por exemplo, esse pode ser um modelo decisivo para a manutenção de empresas e também para o seu crescimento. O raciocínio é o seguinte: quanto mais participação houver dentro da empresa, mais fácil o crescimento pode aparecer.

Por isso, seja para montar ou se juntar a um modelo cooperativo, é importante saber quais são as características desse negócio e no que ele se diferencia das demais empresas.

Coordenação de contribuição e serviços

Neste sistema, é preciso haver uma ação conjunta, voluntária e objetiva para a realização e coordenação de contribuição e serviços. 

Isso quer dizer que todos os envolvidos neste processo terão parte importante para realizar aquilo que deseja e entregar o esperado. Por isso, seja um produto ou serviço, no cooperativismo todos estarão unidos com um único propósito que é oferecer o melhor ao consumidor.

Obtenção de resultado útil e comum a todos

O cooperativismo não é apenas um modelo de negócios, mas uma forma de organizar a operação, de ver o trabalho a partir da sua colaboração individual para alcançar benefícios coletivos.

Ou seja, tudo que envolve o cooperativismo também está diretamente relacionado à obtenção de resultados que possam ser úteis para todos os interessados, desde a própria empresa até todos os seus stakeholders.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o cooperativismo, busque mais informações sobre o assunto para ter certeza de que esse é o caminho mais adequado às suas pretensões.




Veja também

As vantagens e desvantagens dos fones de ouvido sem fio

O que é gastronomia molecular?

Reserva online