O sonho da carteira assinada nem sempre é a melhor opção. Prestar serviço como pessoa jurídica (PJ) ou ser contratado de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tem seus pontos positivos e negativos. Para decidir o que é melhor para cada profissional, diversos pontos devem ser ponderados. Para o vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Sérgio Prado de Mello, o regime CLT traz mais vantagens de direitos trabalhistas, mas a tributação traz mais vantagens para quem é PJ. CLT.jpg CLT é garantia de estabilidade Com a carteira assinada, o profissional tem direito a várias vantagens, como Fundo de Garantia (FGTS), férias e décimo terceiro. Além disso, o vínculo empregatício é garantido, o que não traz problemas futuros tanto para o empregado quanto para o empregador. Algumas empresas oferecem benefícios como vale alimentação e plano de saúde – outras descontam esses valores do salário. Para quem tem dependentes, esses acréscimos podem contribuir para a renda familiar. Além disso, empresas maiores oferecem a participação nos lucros, o que traz um dinheiro a mais no fim do ano. Entretanto, para se desligar do empregador, existe o aviso prévio que pode dificultar quando surge uma nova oportunidade. pj Vantagem é tributária para os PJs O ponto positivo de ser PJ é a tributação. Como não são descontados a previdência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e FGTS, sobra mais dinheiro no fim do mês. A declaração de Imposto de Renda também é diferenciada. O profissional precisa pagar plano de saúde e previdência por conta própria, mas, dependendo do salário, mesmo sem esses benefícios, ser PJ compensa. Por isso é importante o acompanhamento de um contador. O trabalhador que presta serviços como pessoa jurídica também tem uma flexibilidade de horário e de local de trabalho. Mas, o contrato pode ser facilmente desfeito pela empresa, sem benefícios para o empregado. Nesses casos, é possível comprovar o vínculo empregatício nos tribunais. O valor retroativo para empresa é alto, por conta do recolhimento de INSS do empregado e do empregador.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online