Carreira e Negócios

Geração Y

Por Administrador em 29 de outubro de 2013

Pró-atividade, facilidade de aprendizado e a busca constante por satisfação. A geração Y chegou modificando o mundo corporativo. Nascidos na década de 1980, esses jovens têm mostrado qualidades que podem agregar aos profissionais que já atuam no mercado de trabalho. Realização profissional A geração Y busca constantemente realizar um trabalho com significado. “Eles procuram algo que agregue valor às suas vidas e às vidas de outras pessoas”, diz a executive coach, Rosana Rodrigues. Já a psicóloga e coach certificada pela Sociedade Latino Americana de Coaching (SLAC), Bruna Lauletta, entende que os jovens têm um novo tipo de relacionamento com as empresas. “O trabalho serve não apenas para trazer segurança financeira, mas para trazer realização profissional. As consequencias disso são pessoas mais pró-ativas e criativas”, diz. Insatisfação Entretanto, por conta dessa busca, os jovens mudam de empresa com mais facilidade, quando não encontram a possibilidade de satisfação. “É importante que os níveis gerenciais entendam essa demanda, pois a motivação dessa geração acaba sendo por desafio e reconhecimento”, explica Bruna. Para reter esses talentos, os gerentes devem buscar promover um ambiente com espaço para criatividade, com mais flexibilidade e desafios. “Um bom líder de profissionais da geração Y é aquele que mantém o canal de comunicação aberto, dando feedbacks honestos e proporcionando aprendizado constante, através de novas tarefas e desafios”, afirma Rosana. O que aprender e o que ensinar Os executivos podem aprender e muito com as qualidades dos novos colegas e subordinados. “A geração Y é bem autodidata. Hoje em dia pode se achar de tudo na internet e esta geração se aproveita disso. Ao meu ver, essa postura é positiva e tem muito a ver com uma postura empreendedora”, destaca Bruna. Já a executive coach ressalta a busca pela inovação como um diferencial competitivo para qualquer empresa. Os profissionais mais antigos, por sua vez, também devem aproveitar para dividir seu conhecimento com os novos. “Eles têm um know-how do que funcionou até hoje e a experiência de quem passou por diversas situações”, explica a coach Bruna Lauletta. Os executivos também podem ensinar que, apesar da alta velocidade de informações, alguns assuntos sempre demandam dedicação, preparo e energia. “Os profissionais das gerações anteriores precisam mostrar o valor de cada etapa na construção de uma carreira sólida e promissora”, finaliza Rosana.




Veja também

Por que tirar um ano sabático? Veja 5 motivos!

Como fazer check-in online?

Reserva online