As festas corporativas de fim de ano são eficientes ferramentas para comunicar e comemorar os resultados de uma empresa com seus funcionários, além de motivá-los para o próximo ano. Confira as dicas do especialista em organização de eventos, Carlos Henrique Haas Oliveira, para atingir essas metas:

O orçamento

Esta é a parte mais delicada do evento. É preciso fazer caber o melhor evento possível dentro do orçamento da empresa. “Nosso papel é conciliar o que a empresa está disposta a pagar com o que a gente sabe que vai encantar e surpreender o público participante”, afirma o organizador de eventos. Mas cuidado com os cortes: para uma festa ter sucesso, três pontos são fundamentais: comida, bebida e música boas. “O restante vamos acrescentando para encher os olhos dos participantes, é um apelo mais emocional”, explica Oliveira.

 O que servir

A comida também está ligada à proposta da festa. “Hoje é preciso pensar nas diversas necessidades e gostos do público. Tem muita gente com intolerância à lactose, ao glúten, vegetarianos. É preciso oferecer opções”, diz Oliveira. Para favorecer a integração e descontração da festa, ele sugere o serviço volante ou menu degustação. Nessas opções, os convidados circulam mais, pois a comida é servida por garçons e em ilhas, e a refeição é feita em pé.

Álcool: sim ou não?

Para não haver problemas, o ideal seria não ter álcool nas festas corporativas. Mas a bebida também representa a comemoração, serve para brindar os resultados do ano. Algumas medidas ajudam a evitar transtornos: – a presença da diretoria ou dos líderes dos funcionários inibe comportamentos inconvenientes; – servir água e comida intercaladas às bebidas; – antes da festa, a empresa pode usar seus meios de comunicação com os colaboradores para lembrá-los de que é um momento de comemoração, para ser aproveitado com moderação.

Atrações

Tudo vai depender do público da festa. Mas, em todos os casos, é preciso que a programação seja dinâmica, com algo acontecendo a cada 45 minutos ou, no máximo, uma hora.

Onde fazer

O local da festa está diretamente associado à proposta do evento. Mas alguns pontos são essenciais: deve oferecer segurança, ser de fácil acesso e deixar os profissionais à vontade. Locais previamente preparados para festas, como hotéis e buffets, têm algumas vantagens, como a flexibilidade de espaços, preparação da equipe, fácil acesso, estacionamento amplo, equipe receptiva acostumada com a dinâmica de festas – às quais muita gente chega ao mesmo tempo, chefs de cozinha aptos a surpreender os convidados com suas criações.  

Confira nossos salões para eventos corporativos

Em Salvador, no Deville Prime Salvador Em Cuiabá, no Deville Prime Cuiabá Em Porto Alegre, no Deville Prime Porto Alegre Em Campo Grande, no Deville Prime Campo Grande Em Curitiba, no Deville Business Curitiba Em Maringá, no Deville Business Maringá Em Cascavel, no Deville Express Cascavel Em Guaíra, no Deville Express Guaíra




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online