As viagens são normalmente associadas a turismo e lazer, mas a história é diferente quando se trata de um período fora de casa a serviço de uma empresa. Por isso, é relativamente comum os profissionais terem dificuldade em separar as situações e acabarem cometendo gafes nas viagens a trabalho. Confira na sequência 5 equívocos para não fazer em uma situação assim:

Aproveitar o tempo para fazer turismo

Apesar da tentação ser grande (principalmente se você estiver em uma bela cidade onde nunca tenha estado antes), deixe a visita aos pontos turísticos para uma outra viagem. No máximo, tente encaixar algum passeio durante o tempo livre, e certifique-se de que sua agenda de compromissos não será afetada.

Prospectar oportunidades de trabalho

Utilizar a viagem de negócios para procurar emprego em outras empresas é considerado de muito mau gosto. Embora aproveitar a oportunidade para aumentar o networking é positivo e até aconselhado, sondar uma vaga em outra organização passa uma péssima impressão para todos. É igual a um relacionamento amoroso: como a nova empresa saberá se você não vai fazer o mesmo com ela em uma situação futura?

Chegar atrasado aos compromissos

Existe um motivo para a viagem se chamar “a trabalho”. Sua prioridade é tratar de negócios, portanto não existe motivo algum – exceto casos raros de força maior – para chegar depois do horário estabelecido em reuniões, workshops e demais compromissos.

Abusar da verba para alimentação

Durante a viagem, você terá todas as suas despesas com alimentação (além de transporte e hospedagem) pagas pelo seu empregador. Entretanto, isso não é motivo para exagerar. Use o bom senso e não gaste mais do que você desembolsaria em qualquer outra refeição. Abusar dessa situação será visto com maus olhos por quem pagará a conta.

Vestir-se de forma inadequada

Ok, você não está na sua cidade, mas os demais funcionários estão. E, além disso, todos ali estão a serviço da empresa. Por isso, ao contrário do que você faria num passeio à praia, por exemplo, lembre-se de colocar na mala trajes sérios e que estejam de acordo com a corporação para a qual você trabalha.




Veja também

Como escrever um e-mail corporativo?

5 ótimos passeios bate e volta saindo de Curitiba

Reserva online