Estar bem preparado para uma entrevista de emprego pode ser a grande diferença entre os candidatos. O profissional que chega frente a frente com um entrevistador ou headhunter deve ter feito uma pesquisa extensa de si mesmo e da empresa a qual pretende trabalhar. Ter noção do mercado também contribui na corrida pela vaga. A diretora de recursos humanos da Rede de Hotéis Deville, Maria do Carmo Schmidt, explicita alguns passos importantes antes da entrevista. “É importante pesquisar sobre a empresa onde irá fazer a seleção. Atualmente, é muito fácil obter informações na internet e isso demonstra que o candidato buscou, se antecipou e se preparou”, afirma. Maria do Carmo também explica que o candidato deve fazer uma leitura crítica do seu currículo. Dessa forma, ele pode relembrar seu histórico e suas principais realizações e parar para repensar seus objetivos e planos futuros. Outra reflexão importante a ser feita é sobre seus pontos fortes e fracos. “Muitas vezes, os candidatos demonstram baixo autoconhecimento, o que pode vir a interferir em relações interpessoais dentro de uma equipe”, conta a diretora. Durante a entrevista Sinceridade é imprescindível para quem busca uma vaga. “Caso o candidato não saiba responder algo, é melhor dizer que não sabe”, diz Maria do Carmo. É importante também demonstrar interesse pela empresa, disposição para aprender, objetivos claros e coerência entre discurso e ação. Fazer perguntas sobre a empresa diferencia o profissional. Isso mostra que o candidato tem consciência e que busca clareza para poder tomar a melhor decisão. A diretora de RH também afirma que se deve procurar informações sobre o salário do mercado para apresentar uma pretensão dentro da realidade e do perfil. Evite! Chegar atrasado é o primeiro erro dos candidatos. Além desse, outros pontos negativos são atender o celular durante a entrevista, ser impaciente e ficar ansioso para ocupar cargos elevados antes de entrar na empresa. Cuidado na hora das respostas. “Alguns candidatos não são claros e, muitas vezes, dão respostas superficiais que não respondem a pergunta. Outro erro e dar respostas prontas, usando frases feitas. O entrevistador percebe que é só um discurso”, explica a diretora de RH.




Veja também

5 sites para encontrar histórias incríveis de viagem

Viagens curtas de carro são opção durante a pandemia

Reserva online