O branding parece estar inserido no vocabulário de diversas empresas. Mas, para quem pensa que a área só serve para grandes corporações, engana-se. A gestão de marcas, como é geralmente traduzida para o português, está ao alcance de todos, seja de um micro empreendedor, e até de pessoas públicas, como os atletas. Ou seja, qualquer entidade preocupada em criar uma imagem perante o seu público-alvo pode utilizar dos conceitos do branding para realizar o feito da forma correta. “As questões de marcas não estão somente associadas aos produtos e serviços, mas há intuições e pessoas usando o branding para passar certa mensagem”, declara Marcos Bedendo, professor de branding da Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo, a ESPM-SP  . Conforme explica o professor, a disciplina surgiu no mercado quando os executivos de marketing e administradores tiveram a percepção de que os clientes consumiam produtos e serviços não somente pelo valor da oferta, mas também por uma questão emocional. A partir daí, entenderam que existiam outras maneiras de se fazer a gestão de relacionamento da empresa com o seu público. “A perspectiva dada à marca é a lembrança criada na cabeça de alguém. Quando eu penso na Coca-Cola, alguma sensação se cria em mim e isso acontece independente se sou um cliente, fornecedor, ou funcionário”, afirma. Segundo ele, a marca é quem direciona os esforços da organização e a responsável por dizer se o lançamento de um novo produto ou serviço terá aderência dentro de determinado mercado. Por isso, qualquer tipo de relação estabelecida pela marca precisa ser gerenciada e o profissional de branding é o gestor desses relacionamentos e o especialista em trazer significados para a mesma. De dentro para forma “O branding gerencia qualquer ponto de contato da empresa”, diz Bedendo, e precisa ser feito de maneira holística e global, de dentro para fora. Marcas fortes tendem a pagar menos por determinados serviços prestados pelos fornecedores e, ainda, contam com funcionários mais comprometidos, pois fazem com que eles se sintam parte importante dentro da estrutura da organização. Alguns dos esforços do branding para se relacionar com funcionários e fornecedores são direcionados à arquitetura. Por meio de um trabalho feito dentro ambiente da empresa, são transmitidas sensações com o objetivo de transparecer as qualidades e metas da companhia para quem passa por lá diariamente. “Algumas marcas e empresas vão querer criar certas percepções. A imagem que o banco emite, por exemplo, tanto para dentro quanto para fora da organização é de solidez, seriedade e comprometimento. E essas características precisam ser passadas para dentro do ambiente, em salas de reuniões e estações de trabalho”, acrescenta. Para quem quiser Atualmente, empresas como o Google, Yahoo e Facebook são algumas das mais conhecidas quando o assunto é branding em ambiente de trabalho. Mas, o Governo, políticos, ONGs e até alguns jogadores contam, hoje em dia, com os serviços de um profissional da área para se relacionarem com a sua rede de pessoas. “Todas essas entidades acabam utilizando até intuitivamente questões de branding“, completa. Os pequenos e micro empreendedores, também, podem recorrer à gestão da marca na hora de abrirem seus negócios, para estabelecer qual é o propósito deles ao entrar no mercado e quais os diferenciais da empresa perante os concorrentes. “O branding é feito para todas as empresas”, fala. Branding x Design Vale lembrar, segundo o professor, que o fato de um designer executar uma ideia ou conceito de branding ao desenvolver uma logo e a comunicação visual de determinada empresa, não o torna um profissional de branding. Segundo ele, design e branding são duas áreas diferentes. “O design ou a arquitetura são pontos de contato utilizados pelo branding. O arquiteto ou designer vai pegar a ideia de uma marca e, então, vai propor uma questão visual para aquilo. O branding é uma ideia e um conceito, muitas vezes tangibilizado por meio de cores, logos e embalagens”, completa.




Veja também

Conheça os incríveis e assustadores Deepfakes

Novas receitas: Pescada ao Modo do Chef no Deville Prime Salvador

Reserva online